Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil vai para COP 28 “liderando pelo exemplo”, diz Marina Silva

    A 28ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima ocorrerá entre 30 de novembro e 12 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes

    A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Brasil, Marina Silva, durante apresentação para a sociedade civil do Plano de Transformação Ecológica
    A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Brasil, Marina Silva, durante apresentação para a sociedade civil do Plano de Transformação Ecológica Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo - 17.nov.2023

    Renan Fiuzada CNN

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    Nesta sexta-feira (17), representantes dos Ministérios da Fazenda e do Meio Ambiente e Mudança Climática fizeram uma apresentação para a sociedade civil sobre o Plano de Transformação Ecológica. Os ministros Marina Silva (Meio Ambiente) e Fernando Haddad (Fazenda) estiveram presentes no evento, ocorrido em São Paulo.

    Questionada sobre a postura que o Brasil irá adotar na COP 28, a ministra Marina Silva disse que o país não irá se furtar ao debate.

    “O Brasil vai levar para o debate é a questão das metas setoriais. Uma outra questão que o Brasil, também, está levando para o debate é que não pode passar de 1,5ºC e que essa meta deve ser a meta de todos os países. Isso precisa ser traduzido na realidade de cada estado nacional, reduzindo suas emissões para que a gente não chegue aos 2 graus de aumento de temperatura média da terra”.

    A 28ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima –a COP 28– ocorrerá entre 30 de novembro e 12 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes.

    Desmatamento no Brasil

    Segundo Marina Silva, o plano de transformação ecológica é “algo dinâmico”. O plano não está pronto. disse a ministra. A expectativa é que o plano seja ajustado de acordo com as dinâmicas da própria natureza.

    “Nosso maior vetor de emissão CO2 é o desmatamento e a transformação do uso da terra. O Brasil conseguiu nesses dez meses uma redução de desmatamento de 49,5%. Evitando lançar na atmosfera mais de 200 milhões de toneladas de CO2”, acrescentou.

    Mais Recentes da CNN