Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasileiro desaparecido na Europa foi achado na Espanha, diz polícia de Zurique

    Márcio Rodrigues ficou 13 dias sem entrar em contato com a família depois de ir à Suíça em uma viagem de negócios

    Márcio Rodrigues foi encontrado após 13 dias desaparecido
    Márcio Rodrigues foi encontrado após 13 dias desaparecido Reprodução/Redes Sociais

    Felipe Andradeda CNN

    O brasileiro Márcio Rodrigues da Silva, de 44 anos, que conseguiu escapar de um cativeiro na Europa foi localizado na Espanha. A informação foi confirmada pela CNN com o serviço de comunicação da polícia de Zurique. Foi para a cidade suíça que Marcio viajou a trabalho no início de novembro, antes de desaparecer.

    As informações da polícia da Suíça vão ao encontro do que o cunhado do empresário, Carlos Cera, relatou à CNN nesta quarta-feira (22). De acordo com familiares de Márcio, ele está bem e seu paradeiro atual não está sendo divulgado por questões de segurança.

    O empresário de Itupeva, no interior de São Paulo, foi para a Suíça em uma viagem de negócios e desapareceu, ficando sumido até a última terça-feira (21), quando conseguiu fazer contato com familiares. Segundo o cunhado de Márcio, ele segue “protegido pela polícia enquanto correm as investigações”.

    Ainda segundo a família, o empresário paulista deve retornar ao Brasil em breve.

    Relembre o caso

    O brasileiro Márcio Rodrigues da Silva ficou desaparecido por 13 dias durante uma viagem de negócios à Suíça. A esposa, Ana Lucia Rodrigues, perdeu o contato com ele no dia 8 de novembro, até o marido ser encontrado ontem (21) pela polícia. Segundo uma publicação em uma rede social de Ana, o brasileiro foi para a cidade de Zurique. Ela contou à CNN que essa foi a primeira viagem a negócios de Márcio à Suíça. O casal já teria ido uma vez a passeio depois de passar alguns dias na França.

    O desaparecimento

    Márcio é empresário, especializado em ministrar treinamentos motivacionais e de vendas. Segundo sua esposa, ele iria encontrar um homem que fala espanhol para ser seu tradutor.

    Mas, depois desse encontro, teria enviado uma mensagem chorando para Ana Lúcia dizendo que havia caído em uma “cilada”. Depois, o celular ficou sem sinal e a esposa perdeu contato.

    A investigação

    O Ministério das Relações Exteriores do Brasil afirmou no dia 17 de novembro, em nota, que acompanhava a situação por meio do Consulado-Geral do Brasil em Zurique. Além disso, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo esclareceu que o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) ouviu a esposa da vítima e encaminhou o caso para a Polícia Federal, que investigaria junto à Interpol.  

    No dia seguinte, fontes da organização europeia afirmaram à CNN que Márcio Rodrigues da Silva havia passado pela Espanha, portanto, reuniam informações com a polícia espanhola para achar o brasileiro.  

    As autoridades locais realizaram levantamentos para identificar o trajeto, possível hospedagem e uso de cartão de crédito, além da geolocalização, o que levaria mais tempo.