Brasileiros sofrem uma tentativa de fraude a cada 8 segundos, aponta pesquisa

Foram 1,9 milhões de ataques no primeiro semestre de 2021

Muitos brasileiros sofreram tentativas de fraude nos últimos meses
Muitos brasileiros sofreram tentativas de fraude nos últimos meses Foto: CNN Brasil (3.fev.2021)

Lucas Janoneda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A cada oito segundos, o brasileiro sofre uma tentativa de fraude. Nos seis primeiros meses desse ano, foram registrados 1,9 milhão de ataques, de acordo com o Indicador de Tentativas de Fraude, da Serasa Experian. O resultado é 15,6% maior quando comparado com o mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (30).

Segundo o levantamento, as ocorrências de movimentações suspeitas ocorreram principalmente no setor financeiro. Bancos e cartões tiveram 1,2 milhão de tentativas e as financeiras, 205 mil, com variação acumulada de 59,2%. O setor que teve maior crescimento no comparativo entre semestres desse ano e 2020 foi o varejo, com alta de 89,5% e 167 mil. Telefonia (-49,0%) e serviços (-19,5%) apresentaram queda, registrando 79 mil e 258 mil tentativas, respectivamente.

Apesar do Sudeste ter o maior acumulado do semestre, foi o Nordeste que registrou maior variação no período. O Sudeste teve pouco mais de 1 milhão de tentativas, seguido pelo Nordeste (347 mil), Sul (300 mil), Centro-oeste (176 mil) e Norte (120 mil).

O levantamento aponta que foi o maior volume de ataques já registrado pela entidade desde a criação do índice, em 2011.

De acordo com a pesquisa, a alta foi puxada principalmente pelas fraudes contra pessoas jovens, de até 25 anos.

Para o diretor de Soluções de Identidade e Prevenção a Fraudes da Serasa Experian, Jaison Reis, o aumento dos ataques ocorridos neste ano é um reflexo da aceleração da digitalização por conta da pandemia de Covid-19.

“Houve uma mudança no comportamento dos brasileiros, que passaram a adquirir bens e serviços online, graças às regras de distanciamento social impostas pela pandemia. Portanto, os oportunistas tinham mais transações para tentar acessar dados e recursos. Por isso a importância de ter plataformas robustas que identifiquem essas tentativas e impeçam a ação dos fraudadores”, destacou.

Mais Recentes da CNN