Buscas em área da queda de avião bimotor serão retomadas na sexta (26)

Na tarde desta quinta-feira (25), um corpo foi encontrado na região das buscas; Avião levava três pessoas

Banco retirado do mar pode pertencer ao avião bimotor que caiu nas proximidades de Ubatuba (SP) nesta quinta-feira (25)
Banco retirado do mar pode pertencer ao avião bimotor que caiu nas proximidades de Ubatuba (SP) nesta quinta-feira (25) Divulgação

Cleber Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que vai retomar na manhã desta sexta-feira (26), as buscas às vítimas de um acidente aéreo na divisa entre os estados de São Paulo e Rio, ocorrido na noite da última quarta (24).

“A ação de busca é coordenada pelo Salvaero. Nesta quinta-feira (25.11), foram empregadas aeronaves, embarcações e motos aquáticas fazendo varredura em toda região costeira, reforçando as buscas com abrangência na área dos limites do Estado do Rio”, diz trecho da nota do CBMERJ.

Na tarde desta quinta (25), a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que localizou um corpo, que pode ser de um dos três ocupantes da aeronave. Na região das buscas também foram encontrados destroços semelhantes aos do avião.

Segundo comunicado emitido pela Aeronáutica, “o corpo foi resgatado pela aeronave da FAB e transportado até uma base, onde foi entregue aos órgãos competentes para os procedimentos subsequentes”.

O avião bimotor caiu em mar aberto nas proximidades de Ubatuba, litoral de São Paulo, e de Paraty, no Rio de Janeiro. A queda aconteceu por volta das 21h.

Três pessoas estavam a bordo do bimotor: um jovem de 20 anos (copiloto), o piloto e um tripulante.

O bimotor saiu de Campinas (SP) por volta das 20h30 e pousaria no aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, às 21h30. A partir das 21h, não houve mais contato com os ocupantes.

Os pais do copiloto estão em Paraty, no Rio de Janeiro, para acompanhar as buscas de barco.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que foi acionado às 23h46 de quarta-feira (24). O resgate está sendo mobilizado pelo Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico (Salvaero) em conjunto com a Marinha, Capitania dos Portos e Defesa Civil.

O Corpo de Bombeiros de São Paulo também mobilizou uma embarcação e 4 homens do Grupamento de Bombeiros Marítimo para auxiliar nas buscas.

Segundo o registro da ANAC, o avião não podia operar na função de Táxi Aéreo, porém tinha permissão para voo noturno. A posse da aeronave está no nome do copiloto, José Porfírio. A vistoria estava em dia.

Mais Recentes da CNN