Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Caso Isabella Nardoni: madrasta da criança, Anna Carolina Jatobá deixa a prisão

    Decisão foi tomada após a Justiça conceder progressão para o regime aberto; ela foi condenada em 2010 pelo assassinado da menina de 5 anos

    Da CNN

    Condenada pela morte da garota Isabella Nardoni, assassinada em 2008 em São Paulo, Anna Carolina Jatobá deixou a prisão nesta terça-feira (20), depois de a Justiça conceder a ela a progressão para o regime aberto. Anna Carolina era madrasta de Isabella, que tinha 5 anos quando morreu.

    A informação foi confirmada à CNN pelo advogado Roberto Podval, que representa Anna Carolina Jatobá.

    Anna Carolina foi condenada em 2010 pelo assassinato da criança. O então marido dela, Alexandre Nardoni – pai de Isabella – também foi condenado. A menina foi arremessada pela janela do sexto andar de um prédio na zona norte da capital paulista. Segundo entendimento aceito pela Justiça, o casal foi responsável pelo crime.

    Em maio deste ano, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por unanimidade, que a Justiça de São Paulo deveria analisar o pedido de progressão de regime feito por Anna Carolina Jatobá independentemente da realização de exames psicológicos.

    A defesa dela havia recorrido da decisão do juiz da execução da pena, que condicionou a análise sobre a concessão de progressão ao regime aberto à realização de exames criminológico e teste psicológico.

    *Publicado por Fábio Munhoz, com informações de João Victor Azevedo

    Tópicos

    Tópicos