Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cidade de São Paulo registra fevereiro com mais mortes de trânsito em seis anos

    Tendência, até então, era de queda no número de acidentes na capital paulista

    Acidente na Avenida Guarapiranga, Zona Sul da cidade de São Paulo - 12/02/2023
    Acidente na Avenida Guarapiranga, Zona Sul da cidade de São Paulo - 12/02/2023 ALEXANDRE SERPA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Manoela CarlucciVital Netoda CNN Em São Paulo

    O número de mortes em acidentes de trânsito na cidade de São Paulo registrados no mês de fevereiro deste ano, foi o mais alto se comparado com dados do mesmo mês desde 2017.

    Segundo o Infosiga (Sistema que monitora e contabiliza acidentes no estado), foram 66 mortes por acidentes no mês passado; em fevereiro de 2017, 69 óbitos foram contabilizados.

    A cidade vinha em queda no número de acidentes nos últimos seis anos. No mês de fevereiro do ano passado, foram registradas foram registradas 20 mortes a menos do que no mesmo período deste ano.

    Entre a maioria das vítimas estão os homens com idade entre 18 e 24 anos. A via em que mais acidentes ocorreram em fevereiro do ano passado foi a Avenida Guarapiranga, na Zona Sul da capital paulista.

    De todas as mortes contabilizadas, a maioria se deu por atropelamentos; em seguida, por colisão de veículos.

    Em nota, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) informou que “vem implementando uma série de medidas com o intuito de reduzir o número de acidentes de trânsito, vítimas feridas e óbitos”, de acordo com o Plano de Segurança Viária – Vida Segura.

    A pasta também alega que o planejamento para a gestão do trânsito está alinhado às metas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e afirma que o Programa de Metas 2021-2024 da Prefeitura traz, dentre seus objetivos, reduzir o índice de mortes da cidade de São Paulo para 4,5/100 mil habitantes.