SP registra temperatura máxima mais baixa para maio em 61 anos

Diante da onda de frio, Catedral da Sé abre as portas para receber pessoas em situação de rua

Giulia AlecrimRenata Souzada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Após as temperaturas despencarem na cidade de São Paulo, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que a temperatura máxima de 12,6ºC registrada nesta quarta-feira (18) é a menor desde 1961.

O vento gelado, com intensidade de moderada a forte, levou a sensação térmica na capital para abaixo de 0ºC. Quem passou pelo bairro de Perus, na zona Norte pode ter sentido a menor temperatura do dia: 11,5ºC, confirmou a prefeitura.

Diante das baixas temperaturas, a Catedral da Sé, no centro da capital paulista, em parceria com o padre Júlio Lancelotti, abriu as portas para receber pessoas em situação de rua.

Além do abrigo, a Igreja está recebendo doações de cobertores e roupas de frio para serem destinadas aos mais vulneráveis.

Com base nas informações meteorológicas do CGE, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) decretou Alerta Máximo por baixa temperatura às 11h da última segunda-feira (16).

Nas próximas horas, as constantes rajadas de vento devem intensificar a sensação de frio, enquanto a temperatura volta a diminuir de forma significativa com o cair da noite.

Previsão do tempo

A quinta-feira (19) deve começar com termômetros próximos aos 7°C. À tarde, a temperatura pode chegar até os 16°C, com sensação térmica menor, em razão dos ventos.

Na sexta-feira (20), o sol aparece entre nuvens e o frio continua, com mínima de 8°C e máxima de 17°C.

Mais Recentes da CNN