Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cidade de SP pode ter pancadas de chuva moderadas a fortes neste domingo (26)

    Últimas imagens do radar meteorológico não indicam áreas de instabilidade em toda a faixa Leste do estado

    Pancadas de chuva de moderada a forte intensidade ocorrem à tarde e no período da noite na capital
    Pancadas de chuva de moderada a forte intensidade ocorrem à tarde e no período da noite na capital Willian Moreira/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Lucas Rochada CNN

    em São Paulo

    O domingo (26) começa com poucas nuvens e temperaturas amenas na cidade de São Paulo. A média de 20°C é registrada pela rede de estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE).

    As últimas imagens do radar meteorológico não indicam áreas de instabilidade em toda a faixa Leste do estado.

    Ao longo do dia, sol e variação de nuvens com pancadas de chuva de moderada a forte intensidade ocorrem à tarde e no período da noite. A temperatura máxima prevista é de 30°C.

    Tendência para os próximos dias

    Os dados de previsão do tempo mais recentes indicam a continuidade das chuvas neste final de mês e início de março. A passagem de uma nova frente fria e posterior formação de um sistema de baixa pressão entre a costa paulista e do Paraná vai potencializar a umidade ao longo do litoral de São Paulo, região metropolitana e capital.

    Na segunda-feira (27) o sistema frontal na costa paulista mantém o tempo instável e chuvoso. Os ventos mudam de direção e passam a soprar do quadrante sul/sudeste, mas sem sensação de frio. As temperaturas variam entre mínima de 20°C e máxima por volta dos 28°C, com percentuais mínimos de umidade do ar na casa dos 60%.

    As chuvas ocorrem na forma de pancadas e mais generalizadas, principalmente a partir do início da tarde e se prolongam para o período noturno.

    O solo encharcado pela frequência de dias chuvosos eleva o potencial para novos deslizamentos de terra, enxurradas, formação de alagamentos, transbordamentos de rios e córregos e eventuais rajadas de vento, o que poderá ocasionar quedas de árvores.