Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Colapso em mina de Maceió: veja imagens da área afetada

    Segundo a Defesa Civil, o solo no entorno da mina está afundando em uma velocidade de 2,6 centímetros por hora

    Da CNN

    O risco iminente de colapso em uma mina operada pela Braskem em Maceió (AL) levou o governo federal a reconhecer estado de emergência na cidade nesta sexta-feira (1º).

    Veja na galeria acima as imagens da cidade.

    Em entrevista à CNN, o prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PL), afirmou que a situação é a “maior tragédia urbana do mundo”. Segundo a Defesa Civil, o solo no entorno da mina está afundando em uma velocidade de 2,6 centímetros por hora. O deslocamento vertical acumulado na área é de 1,42 metro.

    Moradores da região receberam ao longo da semana alertas da Defesa Civil para que deixassem suas casas e evitassem transitar pela região.

    A Braskem diz que “continua mobilizada e monitorando a situação da mina 18” e “tomando todas as medidas cabíveis para minimização do impacto de possíveis ocorrências”.

    “Os dados atuais de monitoramento demonstram que a acomodação do solo segue concentrada na área dessa mina e que essa acomodação poderá se desenvolver de duas maneiras: um cenário é o de acomodação gradual até a estabilização; o segundo é o de uma possível acomodação abrupta”, acrescenta a companhia.

    A empresa diz ainda que “a área de serviço da Braskem nas proximidades da mina 18 está isolada desde a tarde de terça-feira. Ademais, a região onde está localizada referida mina (área de resguardo) já está totalmente desocupada desde 2020”.

    (Publicado por Fábio Munhoz)