Com -11,4°C, Parque Nacional de Itatiaia, no Rio, tem recorde de frio no ano

Registro foi feito em estação administrada pela unidade de conservação ambiental; outro ponto, gerido pelo Inmet, também aponta aponta maior frio de 2022: -7,8°C

Frio recorde registrado no parque de Itatiaia, no interior do Rio de Janeiro
Frio recorde registrado no parque de Itatiaia, no interior do Rio de Janeiro Divulgação/ICMBio

Stéfano Sallesda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A temperatura chegou a -11,4°C na madrugada desta terça-feira (14), na Estação de Campo Belo, às margens do rio de mesmo nome, no Parque Nacional de Itatiaia, no interior do Rio de Janeiro. O fenômeno foi registrado por volta de 00:07. Depois de duas horas da manhã, por conta do frio, a estação, situada a cerca de 2.440 metros de altitude, parou de funcionar.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também tem uma estação, localizada em outro ponto da unidade de conservação ambiental, que completa 85 anos de criação nesta terça-feira. Ela registrou a temperatura de -7,8°C, por volta das 7h. Os dois dados representam recorde de frio aferido no país em 2022.

Meteorologista do Inmet, Mamedes Luiz Melo afirma que o número aferido pelo instituto é recorde, mas diz entender que ele é pouco representativo.

“A estação fica em um ponto muito alto e isolada no interior do parque, que tem condições muito específicas, que não se reproduzem nas cidades da região. É recorde porque é uma temperatura ainda mais baixa que os -7,7°C registrados em 22 de maio, quando tivemos uma massa de ar polar”, afirma o especialista.

Diretor do Parque Nacional de Itatiaia, o coronel Luiz Aragão explica que as temperaturas reais na estação que registrou -11,4°C podem ter sido ainda menores.

“A estação ‘congelou’ com o frio. Acreditamos que tenha ficado entre -12°C e -12,5°C”, diz Aragão.

Mais Recentes da CNN