Com Waack e Prioli, CNN participa de evento com executivos de marketing

Marketing Network Brasil, organizado pelo Meio&Mensagem, ocorreu na Bahia entre 12 a 15 de maio

CNN Brasil em um dos mais importantes eventos de marketing e comunicação do país, o MNB (Marketing Network Brasil)
CNN Brasil em um dos mais importantes eventos de marketing e comunicação do país, o MNB (Marketing Network Brasil) Divulgação

Da CNN

Ouvir notícia

A CNN Brasil marcou presença em um dos mais importantes eventos de marketing e comunicação do país, o MNB (Marketing Network Brasil), organizado pelo Meio&Mensagem de 12 a 15 de maio.

O evento reuniu na Bahia os principais executivos de marketing e comunicação de diversos setores para discussões e trocas de experiência.

Pela CNN, estiveram presentes o jornalista William Waack, âncora do WW, e a apresentadora Gabriela Prioli, que apresenta o À Prioli, programa do CNN Soft.

Em conversa moderada por Mauricio Kotait, vice-presidente comercial da CNN Brasil, e Mariana Cantarelli, diretora de estratégia comercial da emissora, os dois talentos da CNN falaram sobre temas como expectativas e desafios do mercado em 2022, cenário político e econômico brasileiro, além de curiosidades sobre carreira e projetos de Waack e Prioli.

O jornalista e âncora da CNN Brasil provocou importantes reflexões acerca dos desafios de desempenhar um jornalismo sério e responsável atualmente, num ambiente onde o consumo da notícia está extremamente digitalizado e dinâmico, muito impactado pelas exigências da audiência em redes sociais. “O público impõe determinados assuntos e coberturas rápidas e instantâneas. O desafio atual do jornalismo é ter a disciplina de não trabalhar por aplausos, mas sim trazer os fatos neste jogo tenso entre o que traz likes e views e o que é realmente sério e relevante”.

Waack falou ainda sobre o programa WW, em que traz convidados de alto nível para discussões e análises aprofundadas sobre os principais temas ocorridos no Brasil e no mundo. “Há no jornalismo um espaço que vai além da bancada. Um espaço para analisar com profundidade os fatos e trazer ao expectador a possibilidade de que ele reflita e tire suas próprias conclusões”, disse.

Prioli, que começou na CNN Brasil como comentarista política, falou sobre seu programa de entrevistas À Prioli e sobre a relação com o mercado. “Quando eu me vi como apresentadora de TV e comecei a pensar em marcas vi que quem trabalha com influência muitas vezes esconde a publicidade. Eu acho isso um tiro no pé. Se eu não indico que aquilo é uma publicidade, o consumidor pode entender que não me orgulho das minhas relações com as marcas, quando na verdade, eu quero que meu público entenda que estas marcas viabilizam o conteúdo de qualidade que ele consome”, declarou.

Mais Recentes da CNN