Companhia das Letras cria fundo para ajudar pequenas livrarias

O fundo se destina, exclusivamente, ao auxílio na folha de pagamento dessas pequenas livrarias para evitar o desemprego de muitos livreiros

Da CNN

Ouvir notícia

O Grupo Companhia das Letras criou um fundo de R$ 400 mil para auxiliar as pequenas e médias livrarias independentes que operam no mercado editorial brasileiro, que estão passando por dificuldades durante a pandemia da Covid – 19. O fundo se destina exclusivamente ao auxílio na folha de pagamento dessas pequenas livrarias, para evitar o desemprego de muitos livreiros, como explica Luiz Schwarcz, CEO do grupo.

“Procuramos livrarias que estavam com dificuldades e estamos conseguindo evitar demissões com esse fundo, que deve durar pelo menos três meses. A pequena livraria tem uma função primordial no mundo dos livros. O leitor que vai para uma livraria tem oportunidade diferente de quem vê por uma tela.”

Schwarcz explica que só cobrará juros para os empréstimos do fundo pois a legislação brasileira não permite a não cobrança de uma taxa, mas que o valor escolhido, de 2,1% ao ano, é simbólico e abaixo dos juros cobrados por cadernetas de poupança.

A Companhia das Letras também disponibilizou o CiaLog, para as entregas do e-commerce das livrarias pequenas, um e-book gratuito orientando esses profissionais sobre como atuar nas vendas on-line e ainda renegociou dívidas das pequenas e médias livrarias. A empresa busca ajudar as livrarias independentes, essenciais para a manutenção do ecossistema do livro.

“Sem o pequeno livreiro, o mercado editorial não seria o que é. O leitor que visita uma livraria tem experiência diferente de comprar livros via internet.”

(Edição: André Rigue)

Mais Recentes da CNN