Confronto entre torcedores do Santos e Coritiba termina com 16 detidos

Unidade de Saúde em Santos foi depredada durante confusão

Anna Gabriela CostaMatheus Caselattoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Torcedores do Santos e do Coritiba entraram em um confronto na manhã deste domingo (17), em Santos (SP), após a partida pelo Campeonato Brasileiro na Vila Belmiro. A confusão teve início nos arredores do estádio.

A confusão começou por volta das 11 horas. Segundo a policia civil, 16 torcedores – oito de cada time – foram detidos. Eles foram ouvidos, assinaram um termo circunstanciado por provocação de tumulto e foram liberados em seguida.

Em outro ponto da cidade de Santos, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde estavam torcedores, foi invadida por outro grupo e um novo confronto começou. Uma porta de vidro foi depredada e estilhaços ficaram no chão. Não há o registro de feridos.

Sob os olhares de Bolsonaro, Santos vence na Vila

Na lotada Vila Belmiro, com ingressos esgotados na véspera e a presença do presidente Jair Bolsonaro em um dos camarotes, o Santos obteve a sua primeira vitória neste Brasileirão ao superar o Coritiba por 2 a 1. Assim, chegou aos 4 pontos, na 5ª colocação. Já o clube paranaense parou nos 3, em oitavo.

Os times fizeram um primeiro tempo eletrizante, com 21 finalizações e 3 gols. O primeiro gol foi marcado por Léo Baptistão, uma das novidades da escalação santista, aos 12 minutos. Léo Gamalho, de pênalti, igualou o placar aos 27. Mas aos 33, ao tentar cortar cruzamento de Lucas Pires, Henrique fez contra.

Mais Recentes da CNN