Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Corpo de PM achado morto após ficar desaparecido por mais de um mês é velado em SP

    Sepultamento está previsto para as 14h no cemitério Jardim Horto Florestal

    O corpo do soldado Luca Angerami foi encontrado após mais de um mês
    O corpo do soldado Luca Angerami foi encontrado após mais de um mês Reprodução/redes sociais

    Dayres VitoriaVictor Locatelida CNN*

    Em São Paulo

    O corpo do policial militar Luca Romano Angerami, 21 anos, está sendo velado na manhã desta terça-feira (21) em uma funerária no bairro de Santana, na zona norte de São Paulo.

    Segundo a funerária, a cerimônia teve início às 10h e é restrita a familiares da vítima. O término da cerimônia deve acontecer por volta das 13h30. Já o sepultamento está previsto para as 14h no cemitério Jardim Horto Florestal, também na zona norte.

    Luca desapareceu no dia 14 de abril após seu carro ter sido encontrado por policiais militares rodoviários na rodovia Cônego Domênico Rangoni. Desde então, ele era procurado pelas autoridades e pela família.

    O corpo dele foi encontrado na manhã de segunda-feira (20) em uma região de mata, após 36 dias desaparecido, em Guarujá, litoral sul de São Paulo. O cadáver foi identificado por familiares por causa das tatuagens que a vítima tinha.

    Até o momento, nove suspeitos de participação no crime foram presos. Outros 11 corpos foram localizados pelas autoridades. O caso segue sob investigação na 3ª Delegacia de Homicídios da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Santos.

    O soldado estava na PM desde 2022. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo lamentou a morte.