Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Criciúma (SC): carros usados por criminosos na fuga são encontrados em milharal

    Segundo as autoridades, cerca de 30 criminosos chegaram ao município nesses 10 carros com placas adulteradas ou sem placas

    Jéssica Otoboni,

    da CNN, em São Paulo



     

    Os dez carros de luxo utilizados pela quadrilha que promoveu ataques na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, na madrugada desta terça-feira (1º) foram encontrados por policiais em uma plantação de milho em Nova Veneza, interior do estado. Os veículos foram abandonados no local e passam por perícia.

    Segundo as autoridades, cerca de 30 criminosos chegaram ao município nesses 10 carros com placas adulteradas ou sem placas. Eles fizeram disparos, atearam fogo em veículos, assaltaram uma agência bancária e fizeram pessoas reféns.

    Assista e leia também: 
    O que se sabe sobre a madrugada de violência em Criciúma (SC)
    Imagens do assalto em Criciúma mostram reféns e bandidos armados na ruas; veja
    Prefeito de Criciúma: ‘Foi uma noite de terror para padrões da cidade, surreal’
    Polícia desativa 4 explosivos deixados por criminosos após assalto em Criciúma

    Carros usados por criminosos na fuga foram encontrados em milharal
    Carros usados por criminosos na fuga foram encontrados em um milharal no interior de Santa Catarina
    Foto: Reprodução – 01.dez.2020 / Polícia Militar de Santa Catarina via Twitter

    “Há uma forte mobilização de todas as polícias. Os veículos já foram localizados e inicia-se, por parte da Polícia Civil, a investigação, coleta de vestígios e informações preliminares para se chegar aos responsáveis pelo crime”, informou o delegado Anselmo Cruz, da delegacia de roubos e antissequestro de Santa Catarina.

    “Estamos falando de dezenas de criminosos, de meses de preparação para isso. Não é algo que será rápido, com uma solução imediata”, afirmou ele.

    Área rural de Nova Veneza onde os veículos foram encontrados
    Área rural de Nova Veneza onde os veículos usados pelos criminosos na fuga foram abandonados
    Foto: Divulgação – 01.dez.2020 / Polícia Civil de Santa Catarina

    Quadrilha especializada

    A quadrilha fortemente armada, com munições de diferentes calibres, explosivos e coletes balísticos, é especializada em assaltos a bancos. Os suspeitos fizeram reféns seis funcionários da equipe de trânsito da prefeitura que faziam manutenções em ruas e avenidas.

    Durante a ação, duas pessoas ficaram feridas. Um policial militar foi ferido no abdômen, submetido a uma cirurgia e está internado na unidade de terapia intensiva (UTI) em estado grave. Um vigia também sofreu ferimentos, mas o estado de saúde dele ainda é desconhecido.

    Noite de terror em Criciúma
    Criciúma teve noite de terror
    Foto: Caio Marcello – 01.dez.2020 / Agif – Agência de Fotografia via Estadão Conteúdo

    Os suspeitos fugiram por cidades vizinhas, deixando parte do dinheiro roubado para trás. Até o momento, quatro pessoas foram presas. De acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de SC, elas não são membros da quadrilha. São civis que pegaram o dinheiro abandonado nas ruas pelos criminosos. Com elas, foi encontrado cerca de R$ 810 mil.

    Quatro artefatos explosivos foram deixados pelos criminosos perto da agência bancária assaltada. Todos foram desarmados pelo Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). 

    Neste momento, são feitas buscas pelos suspeitos na região e investigações sobre o ocorrido.

    Criciúma registrou intensos disparos, com criminosos atacando bancos
    Criciúma registrou intensos disparos, com criminosos atacando bancos e fazendo reféns
    Foto: Caio Marcello – 01.dez.2020 / Agif – Agência de Fotografia via Estadão Conteúdo