Desaparecidos na Baixada Santista caem pela metade após cruzamento de dados

Chuvas deixaram 44 mortos, segundo autoridades paulistas

Bombeiros buscam desaparecidos em deslizamentos de terra no Guarujá
Bombeiros buscam desaparecidos em deslizamentos de terra no Guarujá Foto: Amanda Perobelli - 03.mar.2020/ Reuters

Da CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

A lista de desaparecidos após as fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista, litoral de São Paulo, caiu pela metade nesta quarta-feira (11). Das 34 pessoas buscadas, 17 foram encontradas depois de um cruzamento de dados feito entre a Prefeitura de Guarujá (SP) e o SUS (Sistema Único de Saúde).
 
As buscas seguem apenas na Barreira João Guarda, região do Guarujá que, segundo a Defesa Civil, era o local onde residiam as pessoas ainda não localizadas. De acordo com a entidade, a cidade concentrou o maior número de mortos na região — 33 pessoas.
 
Ao todo, 44 pessoas morreram após as chuvas e deslizamentos que atingiram a região no início do mês. De acordo com a Defesa Civil paulista, foram repassadas 34,2 toneladas de materiais de ajuda humanitária aos municípios afetados, com foco em insumos básicos como comida, produtos de higiene e limpeza, roupas e água potável.

Mais Recentes da CNN