Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ tem série de eventos no Rio

    Município promove festival, feiras e campanhas de combate ao preconceito; programação é gratuita e termina no dia 3 de julho

    Bandeira LGBTQIA+ na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro
    Bandeira LGBTQIA+ na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro Divulgação/Riotur

    Filipe Brasilda CNN*

    no Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    O Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, celebrado em 28 de junho, terá diversas atividades de conscientização e combate ao preconceito na cidade do Rio de Janeiro.

    A programação voltada para a comunidade LGBTQIA+ e toda a cidade, integra a música com experiências audiovisuais, informação e sensibilização. As ações são gratuitas e se encerram no dia 3 de julho.

    Serão promovidos debates, feiras, shows e iluminação especial em monumentos da cidade para celebrar a data, incluindo os Arcos da Lapa e o Museu do Amanhã. A data marca a “rebelião de Stonewall”, que foi uma série de manifestações de membros da comunidade LGBTQIA+ contra batidas policiais em Nova York, no dia 28 de junho de 1969.

    Para o coordenador executivo de Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio, Carlos Tufvesson, a data marca a luta pela cidadania da comunidade LGBTQIA+ no mundo e deve ser divulgada para que toda sociedade se conscientize da violência sofrida por essa parcela da população.

    “Mais do que nunca, essa data marca a cidadania LGBT no mundo. Lá, em 1969, foi a primeira vez que esse grupo reivindicou sua cidadania, dizendo que se tem os mesmos deveres, tem também os mesmos direitos. Recentemente, vimos um relatório sobre violência mostrando que o número de mortes violentas entre pessoas LGBT cresceu mais de 30%”, defende Tufvesson.

    “Então é importante usar essa data para reforçar a cidadania desse grupo, discutir políticas públicas e, principalmente, conscientizar a população para que as pessoas saibam desses problemas e se tornem aliados nessa luta”, continua.

    Com seis dias de uma programação múltipla e gratuita, o Tribo Q Pride Festival 2022 será realizado no Porto Maravilha, entre os dias 28 de junho e 3 de julho, no encerramento do mês do Orgulho LGBTQIA+.

    O festival terá grandes shows gratuitos, além de experiências audiovisuais, painéis com especialistas e ativistas, debates com temas da comunidade, além de um espaço para feira dedicado ao fomento de empreendedores LGBTQIA+ e workshops. Haverá, também, uma curadoria para a seleção de artistas que receberão um investimento para a produção das instalações expostas durante o festival.

    A estimativa da prefeitura do Rio é que 115 mil pessoas participem do evento ao longo de todos os dias.

    Resumo da programação de eventos:

    • 28/06, 15h – Palestra Carlos Tufvesson “A igualdade e a proteção dos direitos do cidadão LGBTQIA+ carioca” no Auditório da PGM-Rio, no Centro do Rio;
    • 28/06 a 03/07 – Festival TriboQ com stand de atendimento à população LGBTQIA+ , no Porto Maravilha;
    • 28/06 – Projeto Arco-Iris na Clínica da Família Anthidio Dias da Silveira, na Zona Norte;
    • 30/06 – Lançamento da campanha de combate ao preconceito na Lona de Madureira, na Zona Norte.

    (*Sob supervisão de Isabelle Resende)

    Mais Recentes da CNN