Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dino liga para Lula para falar sobre execução de médicos no Rio de Janeiro

    Uma das vítimas era Diego Ralf de Souza Bomfim, que era irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP)

    Tainá Falcão

    O ministro da Justiça, Flávio Dino, ligou na manhã desta quinta-feira (5) para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para falar sobre a investigação do ataque a tiros que deixou três médicos mortos e um ferido no Rio de Janeiro, segundo fontes ouvidas pela CNN.

    Uma das vítimas era Diego Ralf de Souza Bomfim, que era irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP).

    Veja o momento do ataque:

    Assim que soube do crime, Dino acionou a Polícia Federal, que entrou imediatamente na história para apurar, em colaboração com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, as circunstâncias desses assassinatos.

    Além de conversar com Lula, o ministro também entrou em contato com a deputada Sâmia Bomfim.

    Segundo a polícia, foram encontradas 33 cápsulas de munição no local. Diego e mais dois morreram na hora. Um quarto médico também foi baleado, mas sobreviveu e está internado em um hospital da capital fluminense.