Em ‘fase emergencial’, SP terá toque de recolher de 20h às 5h por 15 dias

Haverá também proibição do uso de parques e praias em todo o estado. Qualquer aglomeração será proibida e o uso de máscara será obrigatório

Daniel Fernandes*, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo de São Paulo anunciou, na tarde desta quinta-feira (11), que adotará, por 15 dias – da próxima segunda-feira (15) até o dia 30 – um toque de recolher em todo o estado entre as 20h e 5h, em mais uma das medidas tomadas para tentar conter o avanço da pandemia de Covid-19 em todo o estado na chamada “fase emergencial“.

Além do toque de recolher, haverá também proibição do uso de parques e praias em todo o estado. Qualquer aglomeração será proibida e o uso de máscara será obrigatório em ambientes internos e externos.

João Doria e Jean Gorinchteyn
João Doria e Jean Gorinchteyn
Foto: Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Coordenador do centro de contingência da Covid-19 em São Paulo, Paulo Menezes pediu que, mesmo em pequenos encontros familiares, as pessoas utilizem máscara.

Dentro de casa, a utilização de máscara protege a todos que estão naquele ambiente, mesmo com um número reduzido de pessoas. Às vezes um encontro familiar, de quatro ou cinco pessoas, é onde ocorre a transmissão e pode, inclusive, comprometer vidas

Paulo Menezes, coordenador do centro de contingência da Covid-19 em São Paulo

Além de anunciar as medidas restritivas, o governo pediu que a população colabore com e denuncie quem desrespeitar as determinações através dos telefones 0800-771-3541 e 3065-4666 e também do site do Procon.

A fase emergencial aumentará medidas restritivas em 14 atividades, colocando mais 4 milhões de pessoas em restrições adicionais.

Restrições da Fase Emergencial em São Paulo
Restrições da Fase Emergencial em São Paulo
Foto: CNN

Veja o que mais muda no estado de São Paulo com a fase emergencial:

• Comércio

As restrições da fase vermelha continuam em vigor. Já lojas de material de construção deverão permanecer fechadas por duas semanas a partir da segunda-feira (15).

• Bares e restaurantes

Ficam suspensos os serviços de “take away” em restaurantes – quando o cliente vai até o estabelecimento para buscar sua refeição.

Serão permitidos apenas os serviços de delivery (durante todo o dia) e drive-thru (das 5h às 20h).

• Escolas

Recomendação para que todas as atividades nas escolas sejam reduzidas ao mínimo necessário para diminuir a circulação de pessoas.

Os recessos de abril e outubro serão antecipados para o período de 15 a 28 de março, sem prejuízo do calendário escolar.

• Esportes

Torneios esportivos, como o Campeonato Paulista de futebol, serão paralisados. Como a Fase Emergencial passa a valer a partir de segunda-feira (15), os jogos marcados para o sábado (13) e o domingo (14) estão mantidos.

• Centros religiosos

As medidas incluem a proibição de cultos. No período de restrição aumentada, igrejas poderão abrir para as pessoas entrarem e rezarem, mas não poderão acontecer celebrações.

• Tele-trabalho obrigatório

Deve ser adotado para atividades administrativas não essenciais em órgãos públicos e escritórios e qualquer atividade desde que o setor não seja essencial.

• Escalonamento no horário de trabalho

Foi recomendado o escalonamento do horário de entrada no trabalho para evitar aglomerações no transporte público. A sugestão é a seguinte: 

  • 5h-7h: Trabalhadores da Indústria
  • 7h-9h: Trabalhadores de Serviços
  • 9h-11h: Trabalhadores do Comércio

*Com informações de Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Mais Recentes da CNN