Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em Fortaleza, Polícia prende mais um suspeito de prestar apoio aos fugitivos de Mossoró

    Desde a fuga dos indivíduos, em 14 de fevereiro, seis prisões já aconteceram

    Victor Locatelida CNN*

    Outro suspeito de prestar apoio aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, em 14 de fevereiro, foi preso em Fortaleza, no Ceará, na manhã desta sexta-feira (8).

    O homem foi detido em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 8ª Vara Federal de Mossoró. Desde a fuga dos indivíduos, seis prisões já aconteceram, incluindo uma em flagrante delito, de acordo com a Polícia Federal (PF).

    A operação de recaptura dos fugitivos segue acontecendo, e tem o reforço da Força Nacional de Segurança Pública, de policiais dos estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Goiás, além de outros órgãos.

    Ainda, já foram realizadas buscas em diversos endereços nas cidades de Mossoró (RN), Baraúna (RN), Aquiraz (CE) e Quixeré (CE) desde o início da procura pelos foragidos.

    Relembre o caso

    Dois presos fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) no último dia 14. Foi a primeira vez na história que houve uma fuga registrada em presídio de segurança máxima.

    Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, vulgo Querubim, Chapa, Cabeça de Martelo ou Martelo; e Deibson Cabral Nascimento, conhecido como Tatu, Deisinho ou Deicinho.

    O setor de inteligência identificou a fuga e um alerta foi emitido a todos os policiais penais. A CNN apurou que os fugitivos são ligados ao Comando Vermelho.

    No Brasil, há cinco unidades penitenciárias do sistema federal. A primeira delas foi inaugurada em junho de 2006.

    Tópicos

    Tópicos