Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em meio à paralisação de caminhoneiros, prefeitura de Santos asfalta vias próximas ao Porto

    Motoristas reclamam de crateras causadas pela chuva no asfalto da zona portuária

    Prefeitura de Santos asfalta vias na zona portuária em meio à paralisação de caminhoneiros autônomos
    Prefeitura de Santos asfalta vias na zona portuária em meio à paralisação de caminhoneiros autônomos Divulgação/PMS

    Bruno Laforéda CNN

    Caminhoneiros autônomos que atuam na região da Baixada Santista iniciaram uma paralisação, na manhã desta terça-feira (30), pedindo melhores condições de trabalho. A categoria alega que o asfalto nas proximidades do Porto de Santos está deteriorado, o que causa danos aos veículos. Hoje, durante o protesto de motoristas, a Prefeitura de Santos fez uma operação para tapar buracos nas vias da região.

    A paralisação é organizada pelo Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (SINDICAM Santos).

    De acordo com o presidente do sindicato, Luciano Santos de Carvalho, a categoria já teria comunicado à prefeitura que as condições de tráfego estariam ruins na região da Alemoa, próxima à zona portuária. A situação, segundo ele, se agravou após fortes chuvas atingirem a cidade neste mês.

    “As pistas destinadas ao encontro dos terminais, que já apresentavam grandes degastes, tornaram-se verdadeiras crateras, causando grandes congestionamentos e a impossibilidade de trafegar no local”, diz o sindicato em nota.

    Este ano, a cidade de Santos teve o mês de janeiro mais chuvoso desde 2010.

    A categoria ainda reclama das avarias causadas ao caminhões por causa das condições do asfalto.

    A Prefeitura de Santos informou à CNN que iniciou o serviço de tapa-buracos na Alemoa, nesta segunda-feira (29), após trégua na chuva. O asfaltamento das vias continua hoje com a atuação de quatro caminhões. A expectativa é que 600 toneladas de massa asfáltica sejam utilizadas até sábado (3) para os reparos.