Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Entenda como a pedagogia de emergência ajuda jovens que passaram por situações traumáticas

    À CNN Rádio, o professor Reinaldo Nascimento, do curso livre Educação para a Paz, disse que há diversos tipos de trauma

    Studio Formatura/Galois

    Amanda Garciada CNN

    A pedagogia de emergência ensina “como profissionais da educação podem apoiar crianças que passaram por eventos traumáticos.”

    É o que explica o professor do curso livre Educação para a Paz Reinaldo Nascimento, à CNN Rádio, no CNN Educação.

    Ele lembra que os jovens que passam por eventos inesperados que abalam suas vidas têm, ao mesmo tempo, de retomar as atividades do dia a dia, como a escola, “apesar das dificuldades.”

    De acordo com o especialista, há diversos níveis de traumas, desde os “maiores” como guerras e terremotos, que “abalam o psicológico”, até aqueles eventos de menor magnitude, mas que também impactam a vida.

    “Tivemos casos de crianças assustadas porque presenciaram uma panela de pressão explodir ou viram alguém apanhar na rua, tudo mexe com o emocional”, disse.

    Para ajudar essas crianças e adolescentes, Reinaldo contou que é traçado um perfil de cada uma delas, o contexto em que vivem, com quem elas se relacionam.

    Veja mais: Estudo aponta que professores têm sobrecarga de alunos no ensino fundamental

    “Crianças que não recebem apoio têm dificuldade de aprendizagem, precisamos entender isso e respeitar, existe motivo para comportamento raro”, reforçou.

    O curso Educação para a Paz tem 12 módulos para entender o que é o trauma, quais as características, como atuar, cuidar e entender.

    *Com produção de Isabel Campos