Entenda como será o retorno de bares, salões e atividades culturais em SP

Restaurantes, bares, salões de beleza e academia retornam na segunda-feira (6); a retomada das atividades culturais estão previstas para o dia 27 de julho

Paula Mariane,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Conforme antecipou a CNN, o governo de São Paulo confirmou e explicou a dinâmica da reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza a partir da próxima semana nas regiões que estão na fase amarela do Plano SP. Cinemas, teatros, academias e eventos de negócios tiveram as datas de retorno antecipadas. A mudança foi anunciada na coletiva de imprensa nesta sexta-feira (3), no Palácio dos Bandeirantes. 

O Centro de Contigência Covid-19 tem avaliado a situação dos setores. Para a reabertura, protocolos de controle e horários limitados deverão ser atendidos pelos estabelecimentos. O governo do estado não informou como a fiscalização será feita.

Entenda como será a retomada destes setores:

Restaurantes, bares e similares

Salões de beleza

Academia

Eventos e atividades culturais 

– Estabelecimentos deverão atuar com 40% da capacidade máxima
– Expediente: os locais podem funcionar por até 6 horas por dia, até às 17h 
– Devem ser priorizados ambientes abertos ou ventilados, com assentos
– A atualização permite que estabelecimentos que possuam ambientes arejados possam oferecer a opção de consumo local
– Uso de máscaras obrigatório

– Salões de beleza e barbearias deverão atuar com 40% da capacidade máxima
– Expediente: até 6 horas por dia
– Uso de máscaras obrigatório
– Os estabelecimentos deverão adotar os protocolos gerais e específicos para setor 

– As academias poderão retomar as atividades com até 30% de sua capacidade máxima
– Expediente: até 6 horas por dia
– Apenas atividades individuais serão permitidas
– Para ter acesso à academia, as pessoas deverão fazer um agendamento prévio das aulas
– Uso de máscaras obrigatório
– As academias deverão adotar os protocolos gerais e específicos para setor 
– Limpeza intensificada: os locais devem ser limpos, no mínimo, 3 vezes ao dia
– A utilização dos chuveiros de vestiários permanece suspensa

De acordo com o governo, a retomada das atividades culturais e eventos com o público sentado está prevista para o dia 27 de julho. Para eventos com pessoas em pé, a previsão é para 12 de outubro. 

Em relação aos museus e teatros, está previsto o retorno das atividades no dia 3 de agosto na capital paulista. No interior, os museus poderão reabrir 30 dias após as cidades entrarem na fase amarela. 

A retomada dos cursos de formação cultural está prevista para 8 de setembro, acompanhando o calendário da Secretaria de Educação. 

Público sentado

– As atividades culturais nas regiões que estão na fase amarela poderão ser retomadas após quatro semanas de estabilização na respectiva fase
– Serão liberados com até 40% de sua capacidade máxima
– Expediente: até 6 horas por evento
– O público deverá permanecer em assentos, respeitando o distanciamento social
– A compra dos assentos deve ser feita de modo antecipado
– Venda de ingressos exclusivamente online
– Suspensão do consumo de alimentos e bebidas
– Adoção dos protocolos gerais e específicos para setor
– Uso de máscaras obrigatório

Público em pé

– Para os eventos com público em pé, as atividades devem acontecer com 60% da capacidade máxima, com distanciamento social
– Uso de máscaras obrigatório
– A compra do ingresso deverá ser feita antecipadamente
– Venda de ingressos exclusivamente online
– Deve ser feito o controle de acesso na entrada dos eventos

 

Mais Recentes da CNN