Entenda o que muda com a criação da fase de transição no estado de SP

Governo criou etapa de 14 dias no Plano SP, entre fase vermelha e fase laranja, para evitar risco de retrocessos

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (16) que todo o estado entrará em uma “fase de transição” a partir deste sábado (17), com duração de duas semanas.

Essa nova etapa no Plano SP, entre a fase vermelha e a fase laranja, servirá para “dar passos seguros adiante, sem o risco de retrocedermos”, de acordo com o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM).

Dessa forma, o estado manterá algumas das medidas da fase vermelha, como a restrição na capacidade de atendimento de comércios e serviços – a partir do momento em que forem autorizados a retomar suas atividades – e o toque de recolher nas duas próximas semanas.

Por outro lado, flexibilizará alguns setores, como comércios e serviços, que poderão retomar atendimento presencial com regras menos abrangentes do que na fase laranja.

Além disso, ao contrário das outras etapas do Plano SP, a fase de transição será unificada em todo estado. Apenas na reclassificação prevista para o dia 1º de maio, após análise da efetividade das medidas, devem ser retomadas regras regionalizadas.

 

Veja o que muda na fase de transição em SP:

Regras comuns para as duas semanas:

  • Atendimento com 25% da capacidade de ocupação
  • Toque de recolher em todo o estado das 20h às 5h
  • teletrabalho para atividades administrativas não essenciais
  • Escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias 

Flexibilização para o comércio (18 a 23 de abril)

  • Atividades comerciais: 
    Permitidas das 11h às 19h
  • Atividades religiosas:
    Permitidas das 11h às 19h

Flexibilização para serviços (24 a 30 de abril)

  • Atividades comerciais e religiosas:
    Mesmas regras da semana anterior
  • Restaurantes e similares (não incluí bares):
    Permitidos das 11h às 19h
  • Salão de beleza e barbearia
    Permitidos das 11h às 19h
  • Atividades culturais
    Permitidos das 11h às 19h
  • Academias
    Permitidas das 7h às 11h e das 15h às 19h
    Restaurantes em SP poderão retomar atendimento presencial, com restrições, no di
    Restaurantes em SP poderão retomar atendimento presencial, com restrições, no dia 24 de abril
    Foto: Rovena Rosa – 16.jul.2020/Agência Brasil

Mais Recentes da CNN