Erika Bechara: É preciso cautela na renovação das licenças das barragens existentes

Especialista CNN comentou sobre a importância de políticas para evitar o rompimento de novas barragens como ocorreu em Brumadinho (MG) no ano de 2019

Pedro Zanattada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Nesta quarta-feira (26), a Especialista CNN Erika Bechara comentou sobre o desastre com a barragem de Brumadinho (MG), que completou três anos em 2022. Ela também falou sobre a importância de políticas para evitar novos rompimentos.

Para a especialista, “não é possível pagar as consequências de um desastre dessa magnitude”. “Tudo o que for feito deve apenas amenizar as perdas”, afirmou.

Bechara destacou a importância da prevenção para evitar com que situações semelhantes se repitam. “É preciso um rigoroso licenciamento ambiental e muita cautela na renovação da licença das barragens existentes. A fiscalização do poder público é fundamental”.

Erika Bechara relembrou alguns pontos importantes da Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). “A lei traz uma série de medidas para prevenir desastres, como, por exemplo, a elaboração pelo empreendedor de um plano de segurança de barragens, um monitoramento das barragens, inclusive das desativadas”, disse.

A especialista concluiu dizendo que “ao mesmo tempo que mantemos esforços na busca de punição e reparação dos danos de Brumadinho, é essencial ter um olhar atento para as demais barragens existentes no país, para que um desastre não se repita”.

Mais Recentes da CNN