Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Estudante de 45 anos registra boletim de ocorrência contra universitárias após caso de etarismo

    Caso foi registrado na Delegacia de Bauru; polícia investiga crime de injúria e difamação

    Patrícia Linhares, vítima de etarismo na faculdade
    Patrícia Linhares, vítima de etarismo na faculdade Arquivo pessoal

    Isabela FilardiGabriele Kogada CNN

    A universitária Patrícia Linares, de 45 anos, registrou um boletim de ocorrência, na última segunda-feira (20), por injúria e difamação contra as três colegas de turma que gravaram um vídeo ridicularizando Patrícia devido a sua idade.

    O caso foi registrado na Delegacia de Bauru, onde segue sendo investigado.

    De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em seu depoimento, ela, que é aluna de biomedicina de uma universidade em Bauru, afirma ter recebido um vídeo que duas colegas de turma teriam postado em uma rede social com ofensas contra ela. A vítima representou criminalmente contra as autoras.

    Entenda o caso

    Uma publicação de três estudantes do curso de Biomedicina da universidade particular Unisagrado, de Bauru, no interior de São Paulo, debochando de uma colega de 40 anos gerou indignação nas redes sociais.

    No vídeo, uma das estudantes ironiza: “Gente, quiz do dia: como ‘desmatricula’ um colega de sala?”. Logo na sequência, outra jovem responde: “Mano, ela tem 40 anos já. Era para estar aposentada”. “Realmente”, concorda a terceira fazendo uma cara de deboche.

    As imagens foram postadas no Instagram como “close friends” – quando apenas pessoas escolhidas podem acessar o conteúdo. No entanto, o vídeo acabou se tornando público.

    Após a repercussão negativa, as três estudantes decidiram desistir do curso.

    Antes do comunicado sobre a desistência, uma das garotas que estavam no vídeo, emitiu uma nota, por meio de advogado, alegando ter sofrido ameaças.