Estudo sobre mortes de não vacinados por Covid, eleições 2022 e mais de 6 de dezembro

5 Fatos Tarde, apresentado por Tainá Falcão, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Fernanda Pinottida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A maioria das mortes por Covid-19 no Brasil é do grupo de não vacinados e a movimentação de Moro para viabilizar uma “terceira via” em 2022 são destaques do 5 Fatos da tarde de 6 de dezembro.

Preço dos combustíveis

Após fala do presidente Jair Bolsonaro à CNN sobre redução do preço dos combustíveis, a Petrobras disse em nota que não antecipa decisões de reajuste e que não há nenhuma decisão tomada que ainda não tenha sido anunciada ao mercado.

Bolsonaro disse que a estatal anunciaria uma diminuição no preço dos combustíveis até o final de dezembro, já que o valor do petróleo Brent vem caindo no mercado exterior. Esta é a segunda vez que a estatal se posiciona oficialmente após uma fala do presidente.

Intercambialidade das vacinas

Um estudo feito por pesquisadores americanos indica que aplicar a vacina da Janssen como dose de reforço nas pessoas inicialmente imunizadas com a Pfizer produz forte resposta imune do corpo.

A combinação poderia gerar uma proteção ainda maior contra formas graves da Covid-19. Apesar de inicial e de não incluir a variante Ômicron, o estudo pode ser importante para descobrir como aumentar a imunidade gerada pelas vacinas a longo prazo, de acordo com o pesquisador à frente dos testes.

Mortes pela Covid-19

Oito a cada dez mortes por Covid-19 são de não vacinados no Brasil, de acordo com dados divulgados pela Universidade de São Paulo. Dentre as 306.000 pessoas que morreram entre os meses analisados pela pesquisa, 32.000 haviam completado o ciclo vacinal, 29.000 haviam recebido apenas a primeira dose e 243.000 não haviam recebido sequer uma dose.

“Terceira via”

O ex-juiz e pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sergio Moro, tem trabalhado para atrair outros partidos de centro e viabilizar a chamada “terceira via”. O ex-juiz teve, por exemplo, conversas com o União Brasil, partido formado pela fusão do Partido Social Liberal (PSL) com o Democratas (DEM), e tratou sobre a possibilidade de uma aliança que reúna também o Cidadania, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Após se reunir com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), Moro deve se encontrar com o governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB, João Doria.

Combate à variante Ômicron

Nesta segunda-feira (6) acontece uma nova reunião interministerial para tratar das recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o combate à variante Ômicron. A Agência sugeriu exigir dos turistas o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para entrada no país por vias terrestres e aéreas, mas o Governo Federal resiste.

A decisão caberá à Casa Civil e aos ministérios da Saúde, da Justiça, da Segurança Pública e da Infraestrutura.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN