Falha em estação de Furnas causa queda de luz em 10 bairros do Rio

Light diz que “está atuando em conjunto com Furnas e o Operador Nacional do Sistema Elétrico para esclarecer os motivos da interrupção”

Light disse que ventania que chegou a 77km/h no Rio afetou o fornecimento de energia em bairros da zona Norte
Light disse que ventania que chegou a 77km/h no Rio afetou o fornecimento de energia em bairros da zona Norte Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Pedro DuranElis Barretoda CNN

No Rio

Ouvir notícia

Uma ‘ocorrência’ em uma subestação de Furnas na região de Jacarepaguá provocou queda de luz em pelo menos dez bairros da zona Oeste do Rio de Janeiro. Em nota, a Light, concessionária que presta serviço na região, afirma que o fornecimento de energia foi temporariamente interrompido em São Conrado, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Realengo, Padre Miguel, Campo Grande, Cosmos e Paciência e Vila Valqueire.

Em nota, a Light diz ainda que “está atuando em conjunto com Furnas e o Operador Nacional do Sistema Elétrico para esclarecer os motivos da interrupção”. Já a estatal Furnas afirmou que a falha foi consequência de “uma contingência na Subestação Jacarepaguá” e que “as proteções atuaram corretamente e, por motivos de segurança, desligaram todos os equipamentos do setor de 138kV dessa subestação”. Eles dizem ainda que “as equipes técnicas de FURNAS atuaram prontamente e o fornecimento de energia já foi restabelecido para as distribuidoras” e que “a empresa analisa as causas da ocorrência”.

Já o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que às 17h19, houve um desligamento automático na subestação Jacarepaguá. Eles afirmam que foi verificada uma variação de cerca de 1000 megawatts de carga no estado do Rio de Janeiro.

“De acordo com o sistema de supervisão do Operador, às 17h45min já tinham sido normalizados cerca de 700 MW de carga. Porém às 17h47min ocorreu novo desligamento da mesma subestação, com uma nova variação de carga de 700 MW. O sistema foi 100% normalizado às 18h17”, diz a nota.

O ONS afirma que “avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos” mas diz: “assim que identificado o problema, atuamos prontamente para que o completo fornecimento de energia fosse restabelecido o mais rápido possível”.

Ventania no Rio

Mais cedo, a Light afirmou que a ventania que chegou a 77km/h no Rio de Janeiro afetou o fornecimento de energia em bairros da zona Norte como como Tijuca, Grajaú e Maracanã. Eles haviam informado que deslocaram “125 equipes para restabelecer, o mais rápido possível, o fornecimento de energia nos trechos dos bairros mais atingidos pela forte ventania”.

No Twitter eles até chegaram a relacionar a queda de luz na zona Oeste com a ventania. A conta da concessionária informou “bairros de Jacarepaguá, Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca, também estão sendo afetados pelos ventos de mais de 70KM/h que causaram a queda de árvores, galhos e objetos sobre a rede elétrica”. Nas notas enviadas à imprensa, eles não afirmam que a causa da falta de luz na zona Oeste foi a ventania na cidade.

Problema no sábado

No último final de semana, 75 cidades do Rio de Janeiro e de Minas Gerais tiveram fornecimento de energia interrompido. O problema aconteceu entre 21h21 e 22h32 no último sábado (18/9). O ONS afirmou que a causa da falta de luz foi uma falha em uma subestação de Furnas que fica em Rio das Ostras, na região dos Lagos, no interior do Rio. Furnas investiga o caso. O prazo médio para um relatório conclusivo é de 20 dias, mas o ONS descarta relação do episódio com a crise hídrica.

Mais Recentes da CNN