Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Família de jornalista desaparecido implora por buscas: “Enviem a Força Nacional”

    Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira sumiram no último domingo (5) entre a comunidade de São Rafael e o município de Atalaia do Norte

    Dom Phillips, jornalista britânico do The Guardian, estava indo para uma localidade, chamada Lago do Jaburu, para entrevistar indígenas
    Dom Phillips, jornalista britânico do The Guardian, estava indo para uma localidade, chamada Lago do Jaburu, para entrevistar indígenas Reprodução/Twitter

    Manoela Bonaldo, do Estadão Conteúdo

    Após a notícia do desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira, neste domingo, 5, no Amazonas, a família do jornalista implorou às autoridades brasileiras que iniciem as buscas na região o mais rápido possível.

    O Ministério Público Federal (MPF) afirma que já acionou a Polícia Federal, a Polícia Civil, a Força Nacional, a Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari e a Marinha do Brasil para encontrar o jornalista e o indigenista. Ainda segundo o MPF, quem conduzirá as buscas é a Marinha do Brasil pelo Comando de Operações Navais.

    “Imploramos às autoridades brasileiras que enviem a Força Nacional, a Polícia Federal e todos os poderes à sua disposição para encontrar nosso querido Dom”, disse o cunhado do jornalista Dom Phillips, Paul Sherwood, em uma rede social. “Ele ama o Brasil e dedicou sua vida à cobertura da Floresta Amazônica”.

    “Entendemos que o tempo é essencial, então, por favor, encontrem nosso Dom o mais rápido possível”, continuou.

    Área remota

    Segundo um funcionário do Ibama, que preferiu não se identificar, a região do Vale do Javarí faz fronteira com a Colômbia e o Peru, é de difícil acesso, conflituosa e concentra muitos pontos de garimpo ilegal. Além disso, a área também é uma rota de tráfico de cocaína.

    Em nota, o MPF Iinforma que instaurou um procedimento administrativo para apurar o caso e acionou as autoridades para buscar os dois homens desaparecidos entre a comunidade de São Rafael e o município de Atalaia do Norte (AM).

    O desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira foi confirmado nesta segunda-feira (6) pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari – Univaja e do Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato. Eles desapareceram na manhã de domingo (5) enquanto faziam o trajeto entre a comunidade Ribeirinha São Rafael até o município de Atalaia do Norte, no Amazonas.

    Ainda no domingo uma equipe saiu de Atalaia do Norte em busca dos dois, percorrendo de barco o mesmo caminho feito por eles, mas até agora ninguém foi encontrado.

    Em nota, o Ministério da Defesa afirmou que tanto a pasta quanto as Forças Armadas “estão prestando o apoio necessário nas buscas aos desaparecidos”.

    O que diz a Marinha

    Por meio de nota enviada à imprensa, a Marinha afirmou que enviou na manhã desta segunda-feira uma equipe de busca e salvamento da Capitania Fluvial de Tabatinga para o município de Atalaia do Norte (AM) para “auxiliar nas buscas a uma embarcação de pequeno porte com dois tripulantes”.

    “Sete militares da Marinha do Brasil, com auxílio de uma Lancha, atuam nas atividades de busca. Durante toda a tarde foram realizadas ações nos rios Javari, Itaquaí e Ituí, no interior do Amazonas. Logo nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (7), um helicóptero do 1º Esquadrão de Emprego Geral do Noroeste será empregado, além de duas embarcações e uma Moto Aquática”, disse a Marinha.