Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fazendeiro que ajudou Lázaro Barbosa é solto da prisão

    Elmi Caetano Evangelista estava preso desde 24 de junho e teria abrigado o então fugitivo em sua fazenda

    Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo

    A Justiça de Goiás revogou a prisão preventiva do fazendeiro Elmi Caetano Evangelista, de 73 anos, acusado de ajudar Lázaro Barbosa durante sua fuga da polícia. O homem estava preso desde o dia 24 de junho.

    O álvara de soltura de Elmi foi expedido por volta das 16h da sexta-feira (16). O fazendeiro estava preso em Águas Lindas (GO), de onde foi liberado no mesmo dia. O processo corre em segredo de Justiça e, por isso, não foi possível ter acesso à íntegra da decisão.

    Elmi teria abrigado Lázaro Barbosa em um período dentre os 20 dias em que o acusado de assassinatos fugiu das autoridades, que montaram uma grande força-tarefa de cerca de 270 policiais para capturá-lo.

    A ação do fazendeiro acabou sendo delatada pelo caseiro de sua residência, que informou à polícia que o então fugitivo recebeu moradia e comida na fazenda de Elmi.

    Após 20 dias de buscas, Lázaro Barbosa foi morto após trocas de tiros com a polícia no dia 28 de junho. Uma investigação da Polícia Civil de Goiás apontou a existência de uma organização criminosa por trás dos crimes praticados. Uma das hipóteses da polícia é que Lázaro pode ter agido a mando de fazendeiros, empresários e políticos da região de Cocalzinho de Goiás.  

    Policiais se mobilizam para capturar Lázaro Barbosa
    Policiais se mobilizam para capturar Lázaro Barbosa, foragido suspeito de assassinatos em série, em Girassol, distrito do município de Cocalzinho de Goiás (GO)
    Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo (17.jun.2021)