Força-tarefa encerra festa com 149 pessoas em bar na Zona Sul de SP

'Era um local de tragédia', classifica delegado que flagrou evento ilegal, realizado em local fechado, sem saída de emergência e extintores de incêndio

Bianca Camargo, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Uma operação realizada em conjunto pela Polícia Civil, Procon-SP e Vigilância Sanitária de São Paulo fechou um bar clandestino na madrugada desta sexta-feira (23), na Zona Sul da capital paulista.

No local, os agentes localizaram 149 pessoas, sendo que 66 delas não usavam máscaras. O estabelecimento não cumpriu as medidas de restrição recomendadas pelo governo de São Paulo.

Segundo o delegado Eduardo Brotero, a festa aconteceu em um estabelecimento sem ventilação. “Esse foi o pior lugar em que atuamos, um local fechado, sem saída de emergência, e sem nenhum extintor de incêndio. Esse era um local de tragédia”, disse.

Os responsáveis pelo evento e testemunhas foram encaminhadas para o Departamento de Polícia e Proteção a Cidadania (DPPC).

O estado de SP registrava, até esta quinta-feira (22), o acumulado de 90.810 mortes e 2.793.750 casos de Covid-19.

Há, ainda, 23.031 pacientes internados recebendo atendimento hospitalar, sendo 10.826 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e 12.205 em enfermarias. A taxa de ocupação dos leitos de UTI estão em 81,4% no estado e, na Grande São Paulo, estão em 79,4%.

Cerca de 150 pessoas participam de evento clandestino em bar
Cerca de 150 pessoas participam de evento clandestino em bar; mais de 60 não usavam máscaras
Foto: Reprodução/CNN Brasil (23.abr.2021)

Como denunciar festas clandestinas

Denúncias de festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais podem ser feitas pelo telefone 0800-771-3541, pelo site do Procon-SP ou no Centro de Vigilância Sanitária, pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br.

Mais Recentes da CNN