Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Funcionária de Ana Hickmann diz que nunca havia visto agressão entre o casal

    Colaboradora da família foi a responsável por acolher a ex-modelo e apresentadora em um quarto da casa após ela ser agredida pelo marido

    Apresentadora, empresária e ex-modelo brasileira, Ana Hickmann, no dia 11 desse mês, foi agredida pelo marido na residência da família em Itu, no interior de São Paulo
    Apresentadora, empresária e ex-modelo brasileira, Ana Hickmann, no dia 11 desse mês, foi agredida pelo marido na residência da família em Itu, no interior de São Paulo Reprodução / Instagram

    Dayres Vitoriada CNN

    A testemunha que presenciou as discussões entre Ana Hickmann e o empresário Alexandre Corrêa, que resultaram na agressão contra a apresentadora, em depoimento à polícia, informou às autoridades que as brigas entre o casal eram quase sempre motivadas por questões financeiras.

    A apresentadora, empresária e ex-modelo brasileira, Ana Hickmann, no dia 11 desse mês, foi agredida pelo marido na residência da família em Itu, no interior de São Paulo.

    A testemunha é a cozinheira da família que trabalha com eles há três anos. Em depoimento, ela garantiu que nunca havia presenciado qualquer tipo de agressão física entre o casal até a tarde do dia 11, que resultou no ataque do empresário Alexandre contra Ana.

    Em documento obtido pela CNN, a funcionária informou à polícia o que de fato aconteceu durante a discussão que terminou na agressão contra a apresentadora.

    A auxiliar da família disse que no dia da briga, por volta das 15h00, estava na cozinha do imóvel trabalhando e que Ana e o filho estavam no mesmo cômodo. Os dois conversavam sobre questões financeiras da família.

    Durante o bate-papo entre a mãe e o filho, o marido de Ana, Alexandre, ao chegar à cozinha, interveio na conversa dos dois agressivamente, iniciando assim uma discussão com a esposa.
    Segundo a testemunha, Alexandre ficou bastante alterado.

    Com o andar da discussão entre o casal, a cozinheira levou o filho de Ana e Alexandre para o quarto dele.

    Ela conta que durante a briga não ouviu nenhum tipo de ameaça ou injúria por nenhum dos dois, mas que eles discutiam com exaltação.

    Alguns minutos depois, a apresentadora teria surgido na porta do quarto do filho, aos prantos, e informado que o marido havia lhe agredido no braço. Ana também garantiu que já havia acionado a Polícia Militar.

    A cozinheira alega que socorreu a patroa e a acomodou no quarto. Em seguida, ela trancou a porta do cômodo.

    Alexandre teria ido até o local, batido na porta e pedido para que Ana liberasse a entrada, pois queria conversar.

    Após ninguém liberar a entrada para o cômodo, as batidas na porta do quarto pararam e a casa ficou em silêncio. Logo após, Ana e a funcionária notaram que Alexandre já havia deixado a residência.
    Algum tempo depois, a Polícia Militar compareceu ao imóvel da família e prestou socorro à Ana.

    Lesões sofridas

    De acordo com documento da superintendência da polícia técnico-científica que a CNN teve acesso, Ana Hickmann passou por exame de corpo de delito indireto.

    A polícia obteve o prontuário médico do Hospital Santa Casa de Itu, que prestou atendimento imediato à apresentadora após a agressão sofrida no dia 11.

    Segundo o exame médico, a apresentadora foi admitida na unidade com traumas no braço esquerdo, cotovelo, por possível queda.

    Ana relatou aos atendentes da unidade hospitalar que sentia dores ao movimentar o braço esquerdo. Ela foi avaliada por um ortopedista e realizou raio-x.

    Nos exames, foi constatado um inchaço na região, mas sem deformidades, portanto, sem contusões.

    A Polícia técnico-científica concluiu que as lesões corporais sofridas pela apresentadora foram de natureza leve.

    Hickmann recebeu alta médica, com recomendação de uso de tipoia, ainda no dia 11.