Gabigol e MC Gui são flagrados em cassino clandestino em São Paulo

Local tinha cerca de 200 pessoas e foi fechado pela força-tarefa de fiscalização do governo de São Paulo

Julyanne Jucá e Fabricio Julião, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Um cassino clandestino com cerca de 200 pessoas foi fechado pela força-tarefa de fiscalização do governo de São Paulo, na madrugada deste domingo (14), no 4º andar de um prédio comercial localizado na Rua Alvorada, no Itaim Bibi, zona oeste da capital paulista. O jogador Gabigol, do Flamengo, e o cantor MC Gui estavam no local e foram levados para a delegacia.

Fiscais da Vigilância Sanitária municipal, do Procon-SP e agentes das polícias Civil e Militar estiveram no local. Todas as pessoas, incluindo o jogador e o cantor, foram encaminhadas para a 1ª Delegacia de Crime contra a Saúde Pública de São Paulo, assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados. 

Cassinos, classificados como locais de prática de jogos de azar, são proibidos no Brasil. Além disso, o funcionamento de estabelecimentos que prestam serviços não essenciais está proibido, de acordo com as regras estipuladas pelo Plano São Paulo. Segundo determinação do governo paulista, está proibida a realização de festas e eventos com aglomeração de pessoas. Além disso, o governador João Doria restringiu a circulação de indivíduos das 23 às 5h, com o objetivo de frear o aumento de casos pelo novo coronavírus.

Gabigol, do flamengo, em cassino clandestino
Gabigol, do Flamengo, em cassino clandestino
Foto: Reprodução / CNN

A CNN tentou falar com Gabigol e o Flamengo, mas eles não se pronunciaram sobre o assunto. A assessoria de imprensa de MC Gui afirmou que o local era uma “casa de pôquer” e que o “artista já prestou os esclarecimentos necessários e colaborou com o que foi solicitado”.

Gabigol e MC Gui
MC Gui é conduzido pelos policiais
Foto: Reprodução / CNN

De acordo com o diretor-executivo do Procon, Fernando Capez, o estabelecimento poderá ser submetido a um processo administrativo, que levará à aplicação de multas que podem chegar a R$ 10 milhões.

Em um vídeo divulgado pelo governo estadual, o jogador Gabigol aparece sendo conduzido para a delegacia. 

O Flamengo, time do atleta, jogará contra o Fluminense neste domingo (14), às 18h, em partida válida pela Taça Guanabara. No vídeo divulgado pelo deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), que acompanhou a operação, Gabigol aparece entrando em um carro da Polícia Civil quando alguém pergunta se o mesmo jogaria o clássico. “Não, ‘mano’, pergunta idiota”, respondeu o jogador.  O Flamengo tem poupado os jogadores titulares neste início de campeonato e utilizado os jogadores das categorias de base.

Mais Recentes da CNN