Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chuvas na Bahia: governo estadual confirma 12 mortes e 267 feridos

    Mais de 220 mil pessoas foram afetadas pelas tempestades; pelo menos 15 mil ficaram desalojadas

    Tiago Tortellada CNN*

    Ouvir notícia

    De acordo com a última atualização da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia, 12 pessoas morreram e 267 ficaram feridas após as fortes chuvas que atingem o sul do estado desde a semana passada.

    Ainda segundo a Superintendência, 220.297 pessoas foram afetadas pelas tempestades. Entre elas, 15.199 ficaram desalojadas e 6.371 desabrigadas.

    A 12ª morte foi confirmada na tarde da terça-feira (14). Trata-se de uma menina de nove anos, vítima do desabamento de um muro na cidade de Itapetinga, ocorrido em 1º de dezembro em decorrência das fortes chuvas.

    Pelo menos 51 cidades baianas estão em situação de emergência. O governo federal reconhece emergência em 17 cidades do estado.

    Segundo o governo estadual, são elas: Alcobaça, Amélia Rodrigues, Anagé, Baixa Grande, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Camacan, Canavieiras, Caravelas, Cocos, Encruzilhada, Eunapolis, Guaratinga, Iaçu, Ibicoara, Ibicuí, Ibirapuã, Ilhéus, Itabela, Itapebi, Itaberaba, Itacaré, Itagimirim, Itamaraju, Itambé, Itanhém, Itapetinga, Itaquara, Itarantim, Jaguaquara, Jiquiriçá, Jucuruçu, Lajedão, Macarani, Maragogipe, Marcionilio de Souza, Mascote, Medeiros Neto, Mucugê, Mucuri, Mutuípe, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Ribeira do Pombal, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santanópolis, Teixeira de Freitas, Teolândia e Vereda.

    Em entrevista à CNN, a meteorologista da Climatempo Desirée Brandt explicou que uma série de fatores propiciou a formação das tempestades na região, como a influência da La Niña.

    De acordo com a especialista, mais de 500mm de chuva foram registrados na região do município de Itamaraju. Segundo o Inmet, a média de precipitação nessa região durante todo o mês de dezembro é de, no máximo, 150mm.

    Brandt explicou que a previsão é de menos chuva na região nesta semana.

    No domingo (12), o presidente Jair Bolsonaro sobrevoou as áreas afetadas na Bahia.

    A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) informou via Twitter que mais R$ 5,8 milhões foram disponibilizados pelo governo federal em apoio aos municípios atingidos.

    Obras de reconstrução de vias e rodovias seguem sendo feitas pelo governo da Bahia. De acordo com o estado, reparos estão sendo feitos na BR-489, BR-101 e BA-284.

    O governador Rui Costa informou pelo Twitter que conversas com as gestões municipais continuam para que os trabalhos emergenciais sejam feitos.

     

    *Com informações de Silvana Freire, Leonardo Lopes e Vinícius Tadeu

    Mais Recentes da CNN