Governo de São Paulo avalia intensificar restrições no estado

Cidades da região metropolitana, incluindo a capital paulista, podem regredir novamente para a fase laranja do Plano SP

Thais Herédiada CNN

Ouvir notícia

Dois dias após adotar um novo regime no estado, limitando a circulação nas cidades, o governo de São Paulo estuda endurecer ainda mais as medidas de restrição.

É bem provável que as cidades da região metropolitana, incluindo a capital paulista, regridam novamente para a fase laranja do Plano SP, quando o horário de funcionamento do comércio fica reduzido e a capacidade de atendimento também. A informação foi confirmada à CNN por fontes que participam das conversas.

A decisão será anunciada nesta sexta-feira (26) em entrevista coletiva com membros do Centro de Contingência, formado por especialistas em saúde e secretários do governo do estado. Ainda não há consenso sobre a regressão da região metropolitana.

No anúncio há dois dias, o governador João Dória acabou escolhendo pelo chamado toque de restrições, proibindo aglomerações e restringindo circulação das pessoas entre 23h e 5h.

Apuração do analista Caio Junqueira já havia apontado divisão no grupo entre os especialistas e os representantes do governo sobre a intensidade do controle de circulação e funcionamento de comércio e serviços.

O toque de restrições foi considerado por muitos especialistas como uma medida com eficácia insuficiente diante da aceleração do contágio do novo coronavírus.

A disparada da ocupação dos leitos de UTI nos hospitais públicos e privados continua e pressiona a cúpula do governo paulista por mais rigidez. Na capital paulista, a ocupação nas unidades intensivas está em 72%, segundo dados da prefeitura, uma das menores do estado.

Em outros estados e capitais os governantes têm tomado decisões mais radicais para evitar o colapso do sistema de saúde, sobrecarregado pelo número de internações e mortes pela Covid-19, que alcançaram maior patamar desde o início da pandemia.

Mais Recentes da CNN