Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo de SP lança concurso para engajar alunos em discussões sobre mudanças climáticas

    Promovido pelas secretarias de Educação e de Meio Ambiente, projeto quer gerar discussões socioambientais, além dos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU

    Mata Atlântica, em imagem de arquivo
    Mata Atlântica, em imagem de arquivo Ricardo Siqueira/Brazil Photos/LightRocket via Getty Images

    Da CNN

    Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, o governo de São Paulo, através das secretarias da Educação (Seduc-SP) e de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), lança nesta quarta-feira (5) o concurso de redação das escolas estaduais com o tema “mudanças climáticas”.

    Alunos de todos os níveis de ensino irão concorrer às premiações.

    O lançamento do concurso, que integra as ações da Semana do Meio Ambiente, deve contar com as presenças do governador Tarcísio de Freitas e da secretária de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende

    O concurso tem como foco principal transmitir e impactar os estudantes em discussões e ações sobre o Meio Ambiente, a partir dos objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para 2030.

    Já na Educação, o projeto tem a coordenação da Escola de Formação dos Profissionais da Educação (Efape) Paulo Renato Costa Souza e do Centro de Referência em Educação (CRE) Mario Covas.

    “Esse concurso pode se tornar um instrumento pedagógico e estratégico. Escolas e comunidades têm sido fundamentais para pensar em processos para mudar realidades locais, o que temos visto em diversas regiões do estado”, declarou o diretor do CRE Mario Covas, Clayton Policarpo Vicente.

    O professor ainda disse que o projeto vai além da produção textual, passando, de fato, às ações. “O concurso propõe exaltar e incentivar ações nas escolas que formem cidadãos conscientes em um mundo em mudança climática. Também busca demonstrar práticas sustentáveis, engajamento comunitário e promover um ambiente de aprendizado e ações positivas para o meio ambiente”, finaliza.

    Como deve funcionar?

    Podem participar do concurso os estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental até o 3° ano do Ensino Médio.

    Após o lançamento nesta quarta (5), o regulamento será disponibilizado às escolas estaduais entre os dias 17 e 28 de junho e as equipes escolares receberão orientações sobre os temas e a participação após o final do mês de julho, quando voltam às aulas, no início do mês de agosto.

    O concurso será composto por três fases: a fase da escola, da diretoria regional de ensino e a fase estadual, com seleção pela equipe técnica da Seduc-SP.

    Posteriormente, os trabalhos serão avaliados pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, durante a etapa final, que antecede as premiações e a fase decisiva para a escolha dos três medalhistas de cada categoria, por nível de ensino.

    A premiação deve ocorrer no fim do ano, entre o fim de outubro e o mês de dezembro.

    Além dos estudantes, os professores orientadores e as escolas devem ser contemplado.