Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo decide acabar com isenção de visto para turistas dos EUA, Canadá, Japão e Austrália

    Isenção unilateral de vistos a turistas americanos, canadenses, japoneses e australianos foi concedida pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2019

    Daniel Rittnerda CNN

    Em Brasília

    O governo brasileiro voltará a exigir vistos para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (8) e o Ministério das Relações Exteriores já determinou que a embaixada do Brasil em cada um desses países comunique oficialmente a medida aos governos locais.

    A isenção unilateral de vistos a turistas americanos, canadenses, japoneses e australianos foi concedida pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2019. Era um pleito do setor de turismo, mas havia resistência histórica no Itamaraty por causa do princípio da reciprocidade.

    No começo do governo Bolsonaro, essa posição foi flexibilizada.

    Os quatro países continuaram exigindo o documento de cidadãos brasileiros. Na avaliação de auxiliares do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a isenção não gerou aumento dos turistas estrangeiros.

    Entre 2019 e 2022, segundo fontes do governo Lula, houve relativa estabilidade e até mesmo queda no número de visitantes de Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália ao Brasil.

    Os procedimentos administrativos para o restabelecimento da exigência de visto já estão sendo tomados, mas ainda devem levar algumas semanas.

    Leia também como funciona para renovar o visto americano, os prazos e dicas para viajantes