Governo federal reconhece estado de calamidade pública no DF

Na última sexta-feira, clubes reabriram e times de futebol puderam voltar aos treinos

Profissional da Cruz Vermelha tira amostra para teste de Covid-19 em frente ao estádio Mané Garrincha, em Brasília
Profissional da Cruz Vermelha tira amostra para teste de Covid-19 em frente ao estádio Mané Garrincha, em Brasília Foto: Ueslei Marcelino/Reuters (21.abr.2020)

Rudá Moreira

Da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

O governo federal reconheceu, nesta quarta-feira (1º), o Estado de Calamidade Pública em todo o território do Distrito Federal decretado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) na última segunda-feira (29).

Com o reconhecimento oficial da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, em portaria publicada no Diário Oficial da União, o Distrito Federal poderá remanejar gastos, ter acesso a recursos extraordinários e extrapolar as metas fiscais previstas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, desde que para atividades direcionadas ao enfrentamento da Covid-19.

Leia também:

Justiça derruba liminar que impedia reabertura do comércio em Brasília

No entanto, na última sexta-feira (26), Ibaneis publicou um decreto ampliando a flexibilização do isolamento — clubes recreativos podem abrir as portas e times de futebol foram autorizados a retomar os treinos.

Até o momento, o DF registra 49.290 casos confirmados e 605 mortes decorrentes de infecção pelo novo coronavírus. Das 27 unidades da federação, apenas o estado de Goiás não decretou calamidade pública em consequência da pandemia.

Mais Recentes da CNN