Governo nomeia indicado do PL para a Secretaria de Vigilância em Saúde

Arnaldo Correia Medeiros assume o cargo no lugar de Wanderson Oliveira, que deixou a pasta por divergências quanto às medidas da pasta para combater a Covid-19

Arnaldo Correia Medeiros assume Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde
Arnaldo Correia Medeiros assume Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde Foto: Reprodução / YouTube

Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O centrão teve sucesso em mais uma indicação no governo federal nesta fase de aproximação do Planalto com o bloco político conhecido pela negociação de cargos em troca de apoio nas votações da Câmara.

Com indicação do Partido Liberal (PL), o professor Arnaldo Correia Medeiros foi designado pelo governo como secretário de Vigilância do Ministério da Saúde. A nomeação foi oficializada após publicação no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5).

Medeiros assume o cargo no lugar de Wanderson Oliveira, que deixou a pasta por divergências quanto às medidas que o novo Ministério da Saúde adotou para enfrentar a pandemia. Oliveira tem mais de 20 anos de experiência, 15 deles no Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o doutor em epidemiologia se destacou em medidas de enfrentamento à Covid-19 no Brasil.

Quando saiu do cargo, Oliveira disse que havia uma pedra no caminho, mas não detalhou qual seria ela. Em sua carta de despedida, ele afirmou que não teve oportunidade de apresentar o trabalho que fez na pasta ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Assista e leia também:
Centrão consegue 3 novos cargos em instituto ligado à Casa Civil
Governo nomeia indicado pelo ‘centrão’ para fundo bilionário do MEC
Governo entrega ao PSD presidência de órgão do Ministério da Saúde

A Secretaria de Vigilância em Saúde é responsável por coordenar ações de monitoramento, prevenção e controle de doenças transmissíveis, tendo papel fundamental em meio à pandemia da Covid-19 no Brasil.

Arnaldo Correia Medeiros é formado em Ciências Farmacêuticas, com mestrado em Bioquímica e Imunologia, e doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica). Fez parte da direção de Atenção à Saúde e da vice-presidência executiva da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Hoje, atua como professor titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

(Com informações de Bárbara Baião, da CNN, em Brasília)

Mais Recentes da CNN