Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo vai contratar organização para gerir o acervo da Cinemateca

    A empresa contratada terá que realizar ações de guarda, preservação, documentação e restauração física do local e do acervo

    Da CNN, em São Paulo

    Após o prédio de acervo da Cinemateca pegar fogo nesta quinta-feira (29), a Secretaria Especial de Cultura, ligada ao Ministério do Turismo, abriu edital para a contratação de uma empresa que vai cuidar da gestão da Cinemateca

    O espaço, um amplo acervo de conteúdo audiovisual, esteve sob a gestão de uma entidade, a Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp), até agosto de 2020, quando terminou o contrato não renovado por decisão do então ministro da Educação, Abraham Weintraub. A Acerp tinha acerto com o MEC para a TV Escola.

    Entre as atividades que a empresa contratada terá que realizar estão a guarda, preservação, documentação e restauração física do local e do acervo.

    No dia 20 de julho, o Ministério Público Federal de São Paulo alertou o governo do risco de incêndio no prédio da Cinemateca na Vila Leopoldina, bairro da zona oeste de São Paulo. Desde 2020 promotores do MPF movem ação contra a união por abandono do local.

    Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira
    Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira (29.jul.2021)
    Foto: Reprodução / CNN

    Publicado por Guilherme Venaglia