Grupo de paraquedistas é surpreendido por forte vento em Manaus; um morre

14 paraquedistas saltaram de uma aeronave na tarde de sexta-feira (15); 10 conseguiram pousar e quatro tiveram rota desviada — Corpo de Bombeiros confirmou a morte de uma pessoa

Ingrid OliveiraCarolina QueirozMaria Augusta MessiasBianca Camargoda CNN

Manaus e São Paulo

Ouvir notícia

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) informou que um grupo de 14 paraquedistas foi surpreendido por ventos após uma tempestade próximo ao rio Negro, em Manaus. Uma pessoa morreu e outra está desaparecida.

Dos 14 paraquedistas, quatro tiveram a rota desviada pelo vento. Dois foram localizados e socorridos em bairros da zona oeste da capital. Uma pessoa está desaparecida após cair no rio Negro. O corpo encontrado é de uma mulher que também caiu dentro do rio.

O corpo foi encontrado nas proximidades do distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). A família esteve no local para fazer o reconhecimento.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) instalou um gabinete de crise para intensificar as buscas pela outra pessoa desaparecida. “Desde o momento que a SSP-AM soube do ocorrido, foram acionados o Corpo de Bombeiros e o helicóptero das forças de segurança para iniciarem as buscas, enquanto se preparava a estrutura da ativação do gabinete de crise”, destacou o secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur.

O Corpo de Bombeiros começou as buscas por volta das 15 horas da sexta-feira, mas os trabalhos tiveram que ser interrompidos por conta da falta de iluminação.

As atividades foram retomadas às 6h30 deste sábado.

O CBMAM informa que está atuando com uma embarcação no rio Negro, na área da Ponta do Ismael e ponte Rio Negro. Além disso, a equipe de resgate conta com apoio de uma aeronave.

Foi montado um gabinete de crise no Centro Integrado do Comando e Controle (CICC) para gestão da ocorrência.

À CNN, o ACA-Aeroclube do AM disse que assim que soube do incidente foi até a área destinada aos paraquedistas para prestar apoio e que aguarda pelo término das buscas. Também foi destacado que não havia previsão por parte de autoridades de uma mudança brusca do tempo.

Mais Recentes da CNN