Inep libera cartão de confirmação do Enem; alunos relatam instabilidade em site

Cartão de confirmação informa aos participantes sobre data, local e horário da prova

Site do Inep apresentou instabilidade na noite desta quarta-feira (3)
Site do Inep apresentou instabilidade na noite desta quarta-feira (3) Reprodução/Internet

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O acesso ao Cartão de Confirmação de Inscrição pela Página do Participante do Enem foi liberado, nesta quarta-feira (3), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O documento informa a data, local e horário da prova aos participantes que farão o Enem 2021 nos dias 21 e 28 de novembro.

Entretanto, com a liberação ao acesso na Página do Participante, alguns estudantes relataram nas redes sociais uma instabilidade para acessar o site.

“Tá dando falha para ver o cartão do Enem de vocês também?”, escreveu uma participante no Twitter. A dificuldade em acessar o cartão com informações sobre a prova tornou-se um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nas últimas horas.

“Está disponível, na Página do Participante, o Cartão de Confirmação de Inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o documento nesta quarta-feira, 3 de novembro”, informou o Inep nesta noite.

Ainda de acordo com uma nota divulgada pelo Inep, para visualizar ou imprimir o cartão de confirmação, o participante precisa acessar o sistema do exame com login e a senha únicos do Governo Federal. Porém, uma mensagem de “Falha de comunicação” aparecia para quem tentava acessar a página nesta noite.

Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que o inscrito leve o cartão nos dias de aplicação.

“No documento, constam informações como data, local e horários da aplicação. Também são informados número de inscrição, opção de língua estrangeira selecionada, bem como tratamento por nome social e atendimento especializado, caso esses serviços tenham sido solicitados e aprovados”, acrescentou o órgão.

A CNN entrou em contato com o Inep para esclarecimentos sobre a instabilidade no site, reportada por participantes, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Mais Recentes da CNN