Recém-nascido é diagnosticado com coronavírus em maternidade de SP

A mãe do bebê apresentou os sintomas da doença após o parto e o resultado do exame deu positivo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Um recém-nascido foi diagnosticado com o novo coronavírus no Hospital e Maternidade Santa Joana, em São Paulo.

O bebê é possivelmente o primeiro caso no país de um recém-nascido contaminado pela COVID-19. A mãe apresentou os sintomas da doença após o parto e o resultado do exame deu positivo.

Rosana Richtmann, médica infectologista da maternidade Santa Joana, conversou com a CNN sobre o caso.

“A gente já estava se preparando para que em algum momento começasse a ter gestantes infectadas. A maternidade já vinha se preparando para isso. Abriu-se uma UTI [Unidade de Terapia Intensiva] neonatal exclusiva para pacientes com a COVID-19, com quadros respiratórios. Nós também colhemos os exames dos recém-nascidos nas primeiras 24 horas de vida e, baseado no resultado, nós vemos o que fazer”, explicou.

O que chamou atenção dos médicos nesse bebê foi o sintoma: em vez de apresentar problemas respiratórios, ele teve “um quadro gastrointestinal”, segundo a médica.

Com relação ao processo de amamentação, Rosana afirmou que, até o momento, nenhum estudo apontou a presença do vírus no leite materno. 

“Então até este momento ninguém está recomendando não oferecer o leite materno. O problema, na realidade, é a aproximidade da mãe com o bebê. Por isso, a recomendação que nós temos feito é que, na fase aguda da doença, a mãe dê de outra forma o leite para a criança, e não diretamente pelo peito”, disse.

Mais Recentes da CNN