Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Influencer Samara Mapoua é presa por porte ilegal de arma de fogo no RJ

    Aos policiais a influencer trans disse que estava sendo ameaçada; a arma tinha numeração raspada

    Influencer Samara Mapoua foi presa por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito
    Influencer Samara Mapoua foi presa por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito Reprodução/Redes Sociais

    Isabelle Salemeda CNN

    A Influencer transexual Samara Mapoua teve a prisão em flagrante revertida em preventiva durante audiência de custódia, nesta quarta-feira (27), segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

    Na decisão, o juiz Diego Fernandes Silva Santos negou o pedido de liberdade provisória da defesa, por entender que o crime praticado foi grave. Ele também determinou que a influenciadora seja mantida em um presídio feminino.

    Mapoua, que tem mais de 5 milhões de seguidores no TikTok, foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito na madrugada de terça (26). O caso foi registrado na Delegacia da Penha (22ª DP), na zona norte do Rio.

    De acordo com a Polícia Militar, que efetuou a prisão, a influencer estava com cinco amigos em um carro na Avenida Brasil, próximo a Olaria, na zona norte do Rio, quando foi abordada por PMs.

    No veículo, foi encontrada a arma, com numeração raspada, e munição. O carro, a pistola e seis aparelhos de celular foram apreendidos.

    Material apreendido durante a prisão em flagrante da influencer / Divulgação/Polícia Militar

    Aos policiais, Mapoua confessou ser dona da pistola e informou que estava andando armada por medo, uma vez que estaria sofrendo ameaçada.

    A CNN tenta contato com a defesa da influencer, que continua a ter as redes sociais abastecida com conteúdo mesmo após a prisão.

    Pelo Instagram, o namorado de Mapoua se manifestou dizendo que não poderia comentar o caso por questões judiciais, “ não podemos falar nada sobre injustiça do sistema, o que podemos fazer é demonstrar o que sentimos e depositar fé, esperança e amor”, escreveu.