Mais de 35 ônibus são queimados em garagem de Londrina, no Paraná

Fogo atingiu garagem da empresa Transportes Coletivos Grande Londrina, que administra o transporte público da rede municipal. Ninguém se feriu

Giovanna GalvaniGiulia Alecrimda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Pelo menos 35 ônibus foram queimados dentro de uma garagem na cidade de Londrina, no Paraná, no fim da tarde da segunda-feira (15).

O fogo começou a se alastrar por volta das 17h30 e conseguiu ser controlado ao longo da noite. Ninguém se feriu.

Segundo a companhia Transportes Coletivos Grande Londrina, que administra o transporte público da rede municipal, a causa do incêndio ainda está sendo apurada, mas “tudo indica” que foi por origens criminosas.

A empresa afirmou que “não pouparia esforços” para atender a todas as linhas nesta terça-feira (16), quando era esperada certa irregularidade no transporte público da cidade.

Em nota, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), afirmou que o número atualizado de ônibus destruídos era 50.

“O prejuízo é enorme para empresa, usuários e para a cidade. Ônibus de empresas de transporte em todo Brasil não tem seguro porque o custo inviabilizaria o serviço”, escreveu Belinati em uma publicação nas redes sociais.

“Peço a compreensão dos usuários, pois é possível que os serviços da TCGL apresentem problemas nos próximos dias em consequência da perda total de tantos veículos”, complementou o prefeito.

Mais Recentes da CNN