Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Marido de cantora gospel encontrada morta em rodovia confessa crime e é preso na Bahia

    Corpo da artista foi encontrado na última sexta-feira (27) três dias após o desaparecimento

    Sara Mariano e Ederlan Mariano
    Sara Mariano e Ederlan Mariano Reprodução/Redes Sociais

    Dayres VitoriaJoão Victor AzevedoVinícius Bernardesda CNN

    Ederlan Santos Mariano, marido da cantora gospel Sara de Freitas Souza, foi preso na madrugada deste sábado (28) após confessar envolvimento na morte da artista. O corpo da vítima foi encontrado na sexta-feira (27) em uma área de mata, às margens da BA-093, na altura de Dias D’Ávila, em Salvador.

    De acordo com a Polícia Civil, Ederlan teve prisão decretada após as investigações o apontarem como o principal suspeito, e em seguida, ele admitiu ter cometido o crime. Ele segue preso na 25ª Delegacia Territorial (DT/Dias D’Ávila).

    Segundo a irmã da cantora, Soraya Correia, a artista desapareceu quando estava a caminho de uma igreja na cidade Dias d’Ávila na última terça-feira (24). O corpo foi encontrado três dias após o desaparecimento.

    As motivações para o assassinato, assim como os detalhes, não foram divulgados pela polícia.

    A CNN tenta contato com a defesa de Ederlan Mariano.

    Quem era Sara Mariano

    Sara Mariano mantinha presença ativa nas redes sociais. Em sua conta no Instagram, com pouco mais de 100 mil seguidores, compartilhava regularmente fotos e vídeos de cultos evangélicos que contavam com sua participação.

    Ao lado do marido, Ederlan, administrava a TV Shalom, canal no YouTube de conteúdo evangélico que conta com 260 mil inscritos.
    Sara deixa uma filha de 11 anos.