Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Medidas de controle têm sido efetivas para controlar vírus mortal na Índia, diz especialista à CNN

    Duas pessoas morreram após serem contaminadas no estado de Kerala; identificado há cerca de 25 anos no Sudeste Asiático, o Nipah é um vírus zoonótico transmitido de animais para humanos

    Lucas Schroederda CNN*

    em São Paulo

    O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, afirmou, em entrevista à CNN nesta sexta-feira (15), que as medidas de controle tomadas pelas autoridades da Índia têm sido eficazes para conter o vírus Nipah, que matou duas pessoas no estado de Kerala.

    “A transmissão de pessoa para pessoa é muito mais difícil. Então, é um vírus que preocupa, mas as medidas de combate têm sido suficientes para limitar esses casos na região”, explicou o médico.

    Veja também – Índia fecha escolas e escritórios para conter vírus mortal

    O Nipah é um vírus zoonótico transmitido de animais para humanos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ele foi identificado pela primeira vez há cerca de 25 anos, na região do Sudeste Asiático.

    Questionado, Kfouri declarou ser “pouco provável” que haja a disseminação do vírus Nipah por vias respiratórias – como observado nos vírus causadores da Covid-19 e da gripe, por exemplo.

    “A transmissão de pessoa para é muito mais difícil. Não é um vírus de transmissão respiratória predominante. Isso limita sua capacidade de expansão e disseminação”, destacou Kfouri.

    Segundo o especialista, os riscos do vírus chegar ao Brasil são pequenos, uma vez que os morcegos que carregam o Nipah não são encontrados no país.

    No entanto, Kfouri faz um alerta: “Temos que nos preparar para as próximas pandemias, para os próximos vírus que virão. E, certamente, o investimento em vacinas e medicamentos é a porta chave para controlarmos futuros surtos.”

    *Produzido por Carol Raciunas, da CNN, em São Paulo