Menina de 11 anos tem perna amputada após acidente no Carnaval do Rio

Criança ficou gravemente ferida após subir em carro alegórico da escola de samba "Em Cima da Hora" na saída do desfile da Série Ouro, na Sapucaí

Camille CoutoLéo Lopesda CNN

no Rio de Janeiro e em São Paulo

Ouvir notícia

Uma menina de 11 anos teve a perna amputada após sofrer um acidente envolvendo um carro alegórico, no desfile das escolas de samba da Série Ouro, no Carnaval do Rio de Janeiro.

De acordo com o último boletim médico da Secretaria Municipal de Saúde carioca, a criança passou por cirurgia, mas permanece em estado grave.

O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (20), na saída do sambódromo da Marquês de Sapucaí, e envolveu um carro alegórico da escola “Em Cima da Hora”.

A criança foi levada para o posto médico da Sapucaí e, em seguida, transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio.

Segundo testemunhas, a menina teria subido no carro alegórico da agremiação, e as pernas prensadas.

A Polícia Civil disse à CNN que investigações estão em andamento. Testemunhas já foram ouvidas, e a Polícia segue colhendo depoimentos nesta quinta (21). “A perícia foi realizada no local e imagens de câmeras de segurança foram coletadas e estão sendo analisadas para esclarecer o fato”, informou, em nota.

Procurada pela CNN, a escola “Em Cima da Hora” ainda não se pronunciou.

Retorno do tradicional Carnaval carioca

O primeiro dia de desfile da Série Ouro se estendeu até o amanhecer desta quinta-feira (21). O primeiro dia de festa foi marcado por vários atrasos.

A apresentação da sétima e última escola de samba a desfilar, a Acadêmicos do Sossego, foi encerrada por volta das 07h30. A previsão era que o desfile acabasse até às 3 horas.

Em Cima da Hora, Acadêmicos do Cubango, Unidos da Ponte, Unidos do Porto da Pedra, União da Ilha do Governador, Unidos de Bangu e Acadêmicos do Sossego abriram os desfiles nas escolas de Samba do Rio de Janeiro, marcando o retorno do tradicional Carnaval carioca na Sapucaí, também conhecido como o maior espetáculo da terra.

Hoje (21) no segundo dia de desfile a Sapucaí recebe as seguintes as agremiações: Lins Imperial, Inocentes de Belford Roxo, Estácio de Sá, Santa Cruz, Unidos de Padre Miguel, Vigário Geral, Império da Tijuca e Império Serrano.

As escolas têm entre 45 e 55 minutos para desfilar na Sapucaí. O tempo é menor do que para as escolas do Grupo Especial, que se apresentam amanhã (22), e tem de 60 a 70 minutos.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) espera receber um público de 75 mil pessoas por dia, distribuído nos 13 setores do Sambódromo.

A Liesa também informou que todos os ingressos para os setores 6 e 8 da Sapucaí foram vendidos para o desfile do grupo especial. Ainda há ingressos disponíveis para outros setores a partir de R$15.

A maioria dos Camarotes do Sambódromo da Marquês de Sapucaí ainda têm ingressos. Cerca de 75% da lotação já foi atingida nos principais camarotes e a expectativa é que a procura aumente nos próximos dias.

Mais Recentes da CNN