Mestre Jaime, ícone do Carnaval pernambucano, morre por complicações da Covid-19

O artista plástico, músico e alfaiate havia contraído o novo coronavírus

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Morreu nesta segunda-feira (4), aos 98 anos, Mestre Jaime, um dos principais nomes da história do carnaval de rua. O artista plástico não resistiu às complicações da Covid-19. 

O corpo dele será enterrado no fim da tarde desta segunda no município de Salgueiro, em Pernambuco, onde ficou conhecido.

Assista e leia também:

Cepa sul-africana do coronavírus é mais perigosa que a britânica, diz ministro

Entenda por que a Indonésia vacinará primeiro a população ativa e não os idosos

Anvisa cobra mais informações e Fiocruz adia pedido emergencial de vacina

Morre Mestre Jaime, ícone do carnaval pernambucano
Morre Mestre Jaime, ícone do carnaval pernambucano
Foto: Reprodução/CNN (04.jan.2020)

Ícone e irreverente com suas roupas coloridas, Mestre Jaime usava uma dentadura de ouro 18 quilates. Além de carnavalesco, ele era artista plástico, músico e alfaiate.

Em nota de pesar, o governo do estado e a secretária de Cultura de Pernambuco lamentaram a morte do artista, criador do tradicional bloco “A Bicharada”.

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN