Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mulher que agrediu entregadores apresenta atestado e não presta depoimento

    Sandra Mathias Correia era aguardada nesta quarta (12), na 15ª DP, mas advogado entregou um atestado médico para justificar a ausência

    Reprodução/ Redes sociais

    Carolina FigueiredoCleber RodriguesJúlia Carvalhoda CNN

    em São Paulo

    A mulher que agrediu entregadores de aplicativo, na Zona Sul do Rio, não vai prestar depoimento nesta quarta-feira (12), conforme estava previsto.

    No fim da manhã, dois advogados de Sandra Mathias Correia de Sá compareceram à 15ª DP (Gávea) e entregaram um atestado médico para justificar a ausência da cliente.

    Sem detalhar os motivos do atestado, nem sobre a duração, o advogado Roberto Duarte Butter afirmou que Sandra tem várias lesões pelo corpo e que, no momento propício, vai se manifestar sobre o caso.

    “Quando ela vier, ela vai explicar, mas só ela pode falar”, disse o defensor.

    Ainda pela manhã, o advogado do edifício onde Sandra mora também foi à delegacia. Homero Pacheco Fernandes afirmou que as imagens do circuito interno serão entregues para a Polícia Civil.

    Segundo ele, nenhum registro obtido mostra a moradora sendo agredida. O representante do edifício também disse que Sandra tem histórico de confusões envolvendo vizinhos e que, após a repercussão do caso na imprensa, o condomínio pediu a retirada dela.

    “O condomínio notificou a empresa que administra o apartamento. A notificação pede providências no sentido de tirá-la do edifício”, explica Homero.

    De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, Sandra Mathias Correia de Sá já tem registros por ameaça e crime de licitação, e agora será investigada por injúria por preconceito e lesão corporal.

    No domingo de Páscoa, Sandra foi gravada agredindo e xingando entregadores de aplicativo em São Conrado, na Zona Sul da capital. Nos vídeos, que viralizaram nas redes sociais, é possível ver a mulher reclamando que os entregadores andam de moto sobre a calçada.

    Após a discussão, ela profere xingamentos e começa a agredir fisicamente os entregadores. A mulher chegou a retirar a coleira de seu cachorro e usá-la para chicotear um deles.

    O iFood informou que Sandra Mathias foi banida da plataforma, mesmo que ela não houvesse feito nenhum pedido pelo aplicativo naquele momento, e que a empresa está em contato com os entregadores para “oferecer todo o suporte necessário”.

    Sandra Mathias é nutricionista e ex-atleta de vôlei de praia.

    Em nota, o Conselho Regional de Nutricionistas disse que repudia qualquer forma de preconceito e violação dos direitos humanos. O órgão abriu um processo administrativo para apurar o caso.

    Já a Secretaria Municipal de Esportes informou que Sandra é responsável por uma escola de vôlei no Leblon. Após os flagrantes de agressão, a prefeitura suspendeu o processo de renovação do alvará até a conclusão das investigações.